Sobral – 300×100
Seet

Servidores cogitam paralisação por tempo indeterminado alegando condições precárias

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Depois de paralisarem o atendimento na ag&ecirc;ncia do &ldquo;&Eacute; Pr&aacute; J&aacute;&rdquo; de Aragua&iacute;na (TO) durante todo o dia, na &uacute;ltima segunda-feira, 13, os servidores p&uacute;blicos do &oacute;rg&atilde;o decidiram dar um prazo at&eacute; o dia 25 de janeiro para que o Governo solucione os diversos problemas existentes no pr&eacute;dio.<br />
<br />
Conforme notifica&ccedil;&atilde;o extrajudicial feita pelo Sindicato dos Servidores P&uacute;blicos (Sisepe) &agrave; Secretaria de Planejamento (Seplan), o local n&atilde;o oferece condi&ccedil;&otilde;es de funcionamento em fun&ccedil;&atilde;o da falta de aparelhos de ar-condicionado, irregularidades no sistema de preven&ccedil;&atilde;o de inc&ecirc;ndio e p&acirc;nico, al&eacute;m da falta de seguran&ccedil;a para os servidores e a popula&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
O &ldquo;&Eacute; Pr&aacute; J&aacute;&rdquo; de Aragua&iacute;na concentra diversos &oacute;rg&atilde;os como: Detran, Adapec, Ag&ecirc;ncia de Fomento, Banco do Brasil, Celtins, Igeprev, Jucectins, Palnsa&uacute;de, Procon, Secretaria da Seguran&ccedil;a P&uacute;blica e Saneatins. No local trabalham cerca de 80 servidores que atendem quase 800 pessoas todos os dias, advindas de diversas cidades da regi&atilde;o Norte.<br />
<br />
De acordo com o presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro, o Governo disse que vai soluiconar o problema at&eacute; a pr&oacute;xima sexta-feira, 17. <em>&ldquo;Caso isso n&atilde;o aconte&ccedil;a at&eacute; o dia 25, os servidores voltar&atilde;o a se reunir para deliberar por uma paralisa&ccedil;&atilde;o por tempo indeterminado, uma vez que o local n&atilde;o oferece condi&ccedil;&otilde;es de trabalho e coloca em risco os servidores&rdquo;</em>, avaliou.&nbsp;</span></div>

Comentários pelo Facebook: