Seet
Sobral – 300×100

Sinpol já denunciava em 2011 o que só agora a OAB descobriu

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">De acordo com uma nota do Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins (SINPOL), n&atilde;o &eacute; de hoje que a entidade denuncia as condi&ccedil;&otilde;es &ldquo;desumanas, prec&aacute;rias e insalubres&rdquo; dos pres&iacute;dios e cadeias p&uacute;blicas do Tocantins &ndash; com as quais est&atilde;o se deparando, agora, os membros da Comiss&atilde;o de Sistema Penitenci&aacute;rio da Ordem dos Advogados do Brasil, Subse&ccedil;&atilde;o do Tocantins.<br />
<br />
Segundo o Sinpol, em of&iacute;cio encaminhado em junho de 2011 ao ent&atilde;o presidente da seccional da OAB no Tocantins, Erc&iacute;lio Bezerra, mostra que o sindicato j&aacute; denunciava o que s&oacute; agora Ordem descobriu: o caos no sistema penitenci&aacute;rio tocantinense.<br />
<br />
<em>&ldquo;Encaminhamos mat&eacute;rias veiculadas na imprensa e c&oacute;pias de expedientes protocolados em diversos &oacute;rg&atilde;os, na busca de sensibilizar os gestores, na ado&ccedil;&atilde;o de medidas eficazes e urgentes para amenizar a atual situa&ccedil;&atilde;o de caos que enfrentamos nas cadeias e pres&iacute;dios&rdquo;</em>, escreveu a sindicalista Nadir Nunes ao advogado presidente da OAB/TO.<br />
<br />
Al&eacute;m da OAB, o documento foi enviado tamb&eacute;m ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico e aos &oacute;rg&atilde;os do Governo, como revela o seguinte trecho: <em>&ldquo;os relatos acima j&aacute; foram notificados, al&eacute;m do secret&aacute;rio de Seguran&ccedil;a [que na &eacute;poca era o advogado Jo&atilde;o Costa], para o secret&aacute;rio de Planejamento, Minist&eacute;rio P&uacute;blico, Departamento Penitenci&aacute;rio Nacional, Casa Civil, al&eacute;m dos deputados estaduais&rdquo;</em>.<br />
<br />
Para o Sindicato, infelizmente, 58 presos tiveram que morrer nos pres&iacute;dios do Maranh&atilde;o, em 2013, para que o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil solicitasse &agrave;s seccionais vistorias nos pres&iacute;dios e cadeias p&uacute;blicas de todo o Pa&iacute;s.<br />
<br />
Pela proposta do Conselho Federal da entidade, cada Estado dever&aacute; propor uma A&ccedil;&atilde;o Civil P&uacute;blica denunciando formalmente &agrave; Justi&ccedil;a a situa&ccedil;&atilde;o dos pres&iacute;dios brasileiros. <em>&quot;No Tocantins, se isso for feito, ser&aacute; com pelo menos tr&ecirc;s anos de atraso&quot;</em>, ressalta o Sinpol.</span></div>

Comentários pelo Facebook: