Sobral – 300×100
Seet

Vistoria no Hospital Geral de Palmas constata falta de medicamentos e materiais

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">A Defensoria P&uacute;blica do Tocantins e os Minist&eacute;rios P&uacute;blicos Federal e Estadual realizaram na quinta-feira (16) uma vistoria no Hospital Geral de Palmas (HGP) para averiguar a falta de medicamentos, insumos e equipamentos relatados por Assistidos que est&atilde;o internados e sofrem com o desabastecimento.<br />
<br />
Um dos objetivos da vistoria era para verificar se estava sendo cumprido o compromisso que o Estado do Tocantins assumiu a fim de manter a regularidade no abastecimento de medicamento e insumos dos hospitais p&uacute;blicos.<br />
<br />
<u><strong>Sem medicamentos e materiais</strong></u><br />
<br />
A primeira visita foi feita ao setor de Farm&aacute;cia do HGP onde foram requisitados os relat&oacute;rios de estoque, solicita&ccedil;&otilde;es de medicamentos e confirmado o constante desabastecimento, entre eles rem&eacute;dios que s&atilde;o utilizados nos pacientes do setor de Oncologia e Cardiologia. Situa&ccedil;&atilde;o semelhante foi encontrada no Almoxarifado, onde os documentos de controle revelam a falta de atendimento aos reiterados pedidos feitos para abastecer o estoque.<br />
<br />
O desabastecimento preocupa os parentes dos internados que vivem o dia a&nbsp;dia do hospital e ficam apreensivos com a falta constante dos rem&eacute;dios e&nbsp;materiais de rotina.<br />
<br />
<u><strong>Relatos de pacientes</strong></u><br />
<br />
Essa &eacute; a situa&ccedil;&atilde;o da m&atilde;e da paciente A.M.A. que depois&nbsp;de um per&iacute;odo de interna&ccedil;&atilde;o retornou ao HGP e encontrou os mesmos&nbsp;problemas. <em>&ldquo;Da outra vez que a minha filha esteve internada eu tive que&nbsp;comprar medicamentos, alguns caros que eu nem tinha condi&ccedil;&otilde;es de pagar e&nbsp;agora a situa&ccedil;&atilde;o &eacute; praticamente a mesma, nesses dias j&aacute; vi falta de coisas&nbsp;simples como insulina e at&eacute; mesmo fralda descart&aacute;veis. O meu desejo &eacute; a&nbsp;sa&uacute;de da minha filha e que essa situa&ccedil;&atilde;o mude&rdquo;.</em><br />
<br />
Outra paciente, A.P.D, relata que est&aacute; h&aacute; tr&ecirc;s meses a espera de cirurgia de h&eacute;rnia de disco. <em>&quot;Estou aqui esperando e at&eacute; que o material veio pra realiza&ccedil;&atilde;o de cirurgias, mas o m&eacute;dico respons&aacute;vel alegou que n&atilde;o ia realizar o&nbsp;procedimento, pois se tratava de materiais inadequados. Agora &eacute; esperar.&rdquo;</em><br />
<br />
E aguardando uma cirurgia tamb&eacute;m est&aacute; W.P.L. Desde o dia 19 de dezembro de 2013 ela aguarda impaciente a realiza&ccedil;&atilde;o do procedimento cir&uacute;rgico e nesse per&iacute;odo ouviu que o equipamento de tomografia est&aacute; sem funcionamento, pois um paciente que se encontra internado no apartamento 106 necessitava realizar uma tomografia e foi necess&aacute;rio recorrer aos seus familiares, pois sem os exames n&atilde;o &eacute; poss&iacute;vel resolver o problema. <em>&ldquo;A solu&ccedil;&atilde;o para alguns pacientes foi buscar ajuda com os parentes e realizar a tomografia em clinicas e hospitais particulares&rdquo;.</em><br />
<br />
A Unidade de Terapia Intensiva &ndash; UTI, e o Anexo Provis&oacute;rio do HGP (instala&ccedil;&atilde;o com tenda) tamb&eacute;m foram vistoriadas. O anexo foi criado para abrigar os pacientes dos corredores da unidade hospitalar, com a disponibilidade de 100 leitos. O local &eacute; climatizado e dividido em quatro postos. Apesar da boa estrutura f&iacute;sica os representantes dos &oacute;rg&atilde;os de fiscaliza&ccedil;&atilde;o ainda encontraram doentes e acompanhantes nos corredores e ouviram relatos da falta de medicamentos e equipamentos.<br />
<br />
<u><strong>Medicamentos em falta</strong></u><br />
<br />
Durante a vistoria foi detectada a falta de v&aacute;rios medicamentos entre eles:&nbsp;Ranitidina; Fondaparinux 2,5 mg; Fluoxcetina 20 mg; Gabapentina 300 mg;&nbsp;Acetilciste&iacute;na 600 mg; Otosporin; Acetilciste&iacute;na 600 mg; Insulina; Glicose&nbsp;50%; Decadron; Atrovent; Hidantal; Enalapril; Ondasitrona; Soro Fisiol&oacute;gico&nbsp;0,9% 500 ml;<br />
<br />
Materiais de expediente: aparelho para verificar press&atilde;o arterial; term&ocirc;metro;&nbsp;suporte de soro; biombo; bomba de infus&atilde;o; sonda de aspira&ccedil;&atilde;o; gazes; fralda descart&aacute;vel; luvas e capote.<br />
<br />
<u><strong>Provid&ecirc;ncias</strong></u><br />
<br />
Diante da constata&ccedil;&atilde;o de desabastecimento de medicamentos no HGP, a DPE, MPE e MPF se reunir&atilde;o no pr&oacute;ximo dia 22 de janeiro, &agrave;s 14h, para tomada de medidas nos autos da A&ccedil;&atilde;o Civil P&uacute;blica j&aacute; proposta sem preju&iacute;zo de outras medidas que busquem respeitar a senten&ccedil;a que foi proferida ap&oacute;s o acordo na Justi&ccedil;a Federal.</span></div>

Comentários pelo Facebook: