Sobral – 300×100
Seet

Marcelo Miranda se diz ‘estarrecido’ ao encontrar somente placas no local do HGA e afirma ser pré-candidato ao Governo

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho&nbsp;</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
O ex-governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), visitou o local onde ser&aacute; constru&iacute;do o novo Hospital Geral de Aragua&iacute;na (HGA), nesta ter&ccedil;a-feira (21) e se disse &ldquo;estarrecido&rdquo; com o que encontrou: apenas as placas do lan&ccedil;amento da obra.<br />
<br />
O Governador Siqueira Campos (PSDB) assinou a ordem de servi&ccedil;o para in&iacute;cio das obras ainda no in&iacute;cio de novembro do ano passado, mas no local apenas as placas indicam o projeto de uma futura constru&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Sensa&ccedil;&atilde;o de muita tristeza. Isso &eacute; at&eacute; revoltante. Lamentavelmente o Governo tenta maquiar sua gest&atilde;o em v&aacute;rios setores. Quando se fala em obras, principalmente na &aacute;rea da sa&uacute;de, n&atilde;o podemos brincar. O que estamos vendo aqui &eacute; que est&atilde;o brincando com Aragua&iacute;na, na &aacute;rea da sa&uacute;de, no social, na seguran&ccedil;a p&uacute;blica, no esporte. Estou pasmo com o que estou vendo aqui hoje, somente placas. Uma obra que foi lan&ccedil;ada v&aacute;rias vezes. O governo tem o recurso e j&aacute; poderia ter dado o start, come&ccedil;ado. Agora, n&atilde;o brinque&rdquo;</em>, desabafou Marcelo Miranda.<br />
<br />
Relembrando alguns epis&oacute;dios tristes da sa&uacute;de tocantinense, o ex-gestor classificou como &ldquo;lament&aacute;vel&rdquo; o tiroteio que aconteceu na &uacute;ltima semana no Hospital Geral de Palmas e criticou tamb&eacute;m a falta de condi&ccedil;&otilde;es de trabalho no HRA. <em>&ldquo;O Hospital de Aragua&iacute;na n&atilde;o tem mais condi&ccedil;&otilde;es. Est&atilde;o fazendo maquiagens com a mudan&ccedil;a da parte administrativa. Os profissionais n&atilde;o t&ecirc;m condi&ccedil;&otilde;es de trabalhar. Podem at&eacute; dizer: mas o senhor foi governador e n&atilde;o fez. N&atilde;o fiz, mas a responsabilidade agora &eacute; do atual gestor. Ele veio a Araguaina pedir votos e lan&ccedil;ou obras. Assim como fez em Araguatins onde o mato tomou conta. Fez em Gurupi, o mato est&aacute; tomando conta, e isso em v&aacute;rios lugares&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Marcelo espera que o lan&ccedil;amento de obras pelo Estado n&atilde;o sejam apenas medidas eleitoreiras, para enganar o eleitor. <em>&ldquo;Espero que n&atilde;o sejam, por que sa&uacute;de n&atilde;o tem partido e n&atilde;o se&nbsp; brinca. Que venha agora aqui e inicie as obras do HGA. Gostaria de estar elogiando, mas o que vemos &eacute; totalmente contr&aacute;rio&rdquo;</em>, cobrou Miranda.<br />
<br />
Na sua vis&atilde;o, a cria&ccedil;&atilde;o de mais 950 cargos na estrutura do Governo do Estado &eacute; &ldquo;para tentar viabilizar posteriormente candidaturas que o povo n&atilde;o quer&rdquo;.<br />
<br />
<u><strong>Abandono no Esporte</strong></u><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/IMG-20140122-WA0015.jpg" style="width: 300px; height: 298px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Marcelo tamb&eacute;m visitou o Est&aacute;dio Mirand&atilde;o onde, segundo ele, encontrou uma situa&ccedil;&atilde;o de abandono. <em>&ldquo;&Eacute; lament&aacute;vel que o ex-secret&aacute;rio da Juventude e Esporte </em>[Olyntho Neto]<em>, que &eacute; daqui de Aragua&iacute;na, tenha deixado acabar o Mirand&atilde;o, o Gauch&atilde;o que &eacute; hist&oacute;rico, para n&atilde;o dizer as outras pra&ccedil;as esportivas. N&atilde;o tem um programa para a juventude e para o esporte. Os times de futebol est&atilde;o ai sem apoio e sem recursos. &Eacute; um descaso com o Estado e com o cidad&atilde;o&rdquo;</em>, criticou.<br />
<br />
<strong><u>&ldquo;Eleg&iacute;vel&rdquo;</u></strong><br />
<br />
Questionado se poder&aacute; disputar as elei&ccedil;&otilde;es deste ano, Marcelo Miranda foi incisivo ao afirmar que est&aacute; eleg&iacute;vel e que &eacute; pr&eacute;-candidato ao Governo do Estado pelo PMDB. <em>&ldquo;Quero refor&ccedil;ar, mais uma vez, n&atilde;o s&oacute; para Aragua&iacute;na, mas para o Tocantins: o Marcelo est&aacute; eleg&iacute;vel. O Marcelo foi alvo de persegui&ccedil;&atilde;o pol&iacute;tica, tanto &eacute; que o Ministro Dias Tofolli disse que o Rced &eacute; inconstitucional. Fui eleito senador e n&atilde;o me&nbsp; deixaram tomar posse. Mas ter&atilde;o novidades. O Marcelo &eacute; pr&eacute;-candidato sim ao Governo do Estado. Coloco meu nome &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o do partido e da sociedade para que possa ser analisado mais uma vez&rdquo;</em>, finalizou o ex-governador.</span></div>

Comentários pelo Facebook: