Seet
Sobral – 300×100

Após protesto, Dimas anuncia medidas para coibir transporte clandestino, mas diz que população não entende manifestação

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O prefeito de Aragua&iacute;na (TO), Ronaldo Dimas, concedeu uma coletiva &agrave; imprensa, na tarde desta sexta, 24, para anunciar algumas medidas paliativas na fiscaliza&ccedil;&atilde;o do tr&acirc;nsito da cidade e prometeu, ainda para este ano, a ado&ccedil;&atilde;o de a&ccedil;&otilde;es concretas para coibir a atua&ccedil;&atilde;o do transporte clandestino.<br />
<br />
As medidas anunciadas s&atilde;o uma resposta &agrave;s cobran&ccedil;as de taxistas e mototaxistas. Nesta semana uma gigantesca manifesta&ccedil;&atilde;o percorreu as principais ruas da cidade protestando contra a omiss&atilde;o do poder p&uacute;blico municipal. As categorias amea&ccedil;aram fazer mais atos p&uacute;blicos caso nenhuma medida seja adotada. Apesar disso, o prefeito disse que &ldquo;a popula&ccedil;&atilde;o n&atilde;o entende essas manifesta&ccedil;&otilde;es&rdquo; e que &ldquo;eles podem fazer na hora que quiser&rdquo;.<br />
<br />
Sobre a participa&ccedil;&atilde;o da Via&ccedil;&atilde;o Lontra no protesto, Dimas enfatizou que eles [Lontra] est&atilde;o chorando por fiscaliza&ccedil;&atilde;o, mas quando tiver, v&atilde;o chorar para que n&atilde;o tenha. <em>&ldquo;V&atilde;o ter que melhorar a presta&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;o, se n&atilde;o vai ser multa por cima de multa. N&atilde;o &eacute; persegui&ccedil;&atilde;o. &Eacute; por que a popula&ccedil;&atilde;o merece um servi&ccedil;o de qualidade&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/IMG_3096.jpg" style="width: 300px; height: 200px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Na avalia&ccedil;&atilde;o de Ronaldo Dimas, a presen&ccedil;a do transporte clandestino &eacute; um indicador de que o transporte regular n&atilde;o funciona bem. <em>&ldquo;A popula&ccedil;&atilde;o est&aacute; mal servida&rdquo;</em>, acrescentou.<br />
<br />
Ronaldo lembrou que o problema do tr&acirc;nsito na cidade j&aacute; se estende h&aacute; alguns anos. <em>&ldquo;O primeiro passo foi o concurso para agentes em 2012. Mas das 40 vagas oferecidas, apenas tr&ecirc;s passaram e dois est&atilde;o exercendo. Este n&uacute;mero &eacute; totalmente insuficiente&rdquo;</em>, afirmou o prefeito.<br />
<br />
<strong><u>Curto prazo</u></strong><br />
<br />
Para resolver os problemas do transporte clandestino, Ronaldo disse que apresentou uma nova proposta de conv&ecirc;nio ao Detran e &agrave; Pol&iacute;cia Militar. <em>&ldquo;Sabemos que, com o efetivo atual da PM, o trabalho ainda n&atilde;o ser&aacute; satisfat&oacute;rio. Mas estamos na expectativa de agentes do Detran, que est&atilde;o em forma&ccedil;&atilde;o, auxiliarem neste servi&ccedil;o&rdquo;</em>, refor&ccedil;ou Dimas.<br />
<br />
Questionado sobre a inexist&ecirc;ncia do conv&ecirc;nio at&eacute; ent&atilde;o, Ronaldo explicou que, naquele cen&aacute;rio, o munic&iacute;pio estava tendo preju&iacute;zo ao lavrar uma multa. <em>&ldquo;A divis&atilde;o das porcentagens de repasse era desproporcional. Somadas as partes do Detran, PM, fundos e custos operacionais, a prefeitura ficava com uma fra&ccedil;&atilde;o min&uacute;scula&rdquo;</em>, contou.<br />
<br />
Agora, segundo a nova proposta, sob an&aacute;lise do Detran, 40% do valor da multa ser&aacute; destinado ao munic&iacute;pio; 40% para a PM; e 15% ou R$ 25,00 por multa para o Detran, dependendo do valor.<br />
<br />
<u><strong>Concurso</strong></u><br />
<br />
Est&atilde;o previstas 20 novas vagas para agentes de tr&acirc;nsito no concurso p&uacute;blico. &ldquo;Estamos trabalhando para que o edital seja publicado j&aacute; no final de fevereiro&rdquo;, completou Ronaldo. Haver&aacute;, ainda, um cadastro de reserva, que ser&aacute; convocado conforme a demanda.<br />
<br />
Ainda no mesmo concurso, a Prefeitura oferecer&aacute; vagas para agentes de fiscaliza&ccedil;&atilde;o de tributos, postura e obras. &ldquo;E ainda temos em andamento um levantamento das secretarias sobre a necessidade de cargos&rdquo;, disse Dimas.<br />
<br />
<strong><u>AMTT</u></strong><br />
<br />
O projeto para a cria&ccedil;&atilde;o da Ag&ecirc;ncia Municipal de Tr&acirc;nsito e Transportes foi protocolado para vota&ccedil;&atilde;o na C&acirc;mara de Vereadores ainda no final do ano passado. O &oacute;rg&atilde;o ficar&aacute; respons&aacute;vel pela fiscaliza&ccedil;&atilde;o e organiza&ccedil;&atilde;o do tr&acirc;nsito, transporte p&uacute;blico e ger&ecirc;ncia da Zona Azul, prevista para ser implantada no segundo semestre ap&oacute;s as obras de recapeamento do centro da cidade. <em>&ldquo;A ag&ecirc;ncia ser&aacute; fundamental para regularizar v&aacute;rios setores ligados ao tr&acirc;nsito. Inclusive, todas as modalidades de transporte p&uacute;blico, coletivo ou individual, estar&atilde;o sujeitos &agrave; fiscaliza&ccedil;&atilde;o</em>&rdquo;, alertou Ronaldo.<br />
<br />
<u><strong>Mais investimentos</strong></u><br />
<br />
Sobre o transporte p&uacute;blico complementar, previsto para iniciar a opera&ccedil;&atilde;o nos pr&oacute;ximos meses, o prefeito anunciou que todas as linhas j&aacute; foram definidas e o projeto segue para a fase final antes da licita&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;E vou deixar uma situa&ccedil;&atilde;o bem clara. Aquele que estiver interessado em participar do processo, mas for flagrado ou multado em situa&ccedil;&atilde;o de clandestinidade, ser&aacute; automaticamente exclu&iacute;do da licita&ccedil;&atilde;o&rdquo;,</em> colocou Ronaldo.<br />
<br />
Outros projetos direcionados para o tr&acirc;nsito da cidade incluem um novo sistema de sem&aacute;foros com c&acirc;meras integradas para medi&ccedil;&atilde;o de tr&aacute;fego; pelo menos 10 pontos de lombadas eletr&ocirc;nicas, com possibilidade de aumento; e 20 pontos com redutores de velocidade.</span></div>

Comentários pelo Facebook: