Seet
Sobral – 300×100

Secretaria de Habitação inicia regularização fundiária no Bairro São João e Araguaína Sul

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Na &uacute;ltima sexta-feira, dia 24, o prefeito Ronaldo Dimas participou de uma reuni&atilde;o com as comunidades do Bairro S&atilde;o Jo&atilde;o e Aragua&iacute;na Sul para tratar da regulariza&ccedil;&atilde;o fundi&aacute;ria de lotes e edifica&ccedil;&otilde;es.<br />
<br />
O encontro, organizado pelo vereador Neto Paje&uacute;, serviu para apresentar &agrave; popula&ccedil;&atilde;o o programa Escritura na M&atilde;o, da Prefeitura de Aragua&iacute;na. &ldquo;Com alguns documentos de comprova&ccedil;&atilde;o de posse e moradia, o cidad&atilde;o j&aacute; pode procurar a Secretaria de Habita&ccedil;&atilde;o para dar in&iacute;cio &agrave; regulariza&ccedil;&atilde;o&rdquo;, explicou Ronaldo.<br />
<br />
O secret&aacute;rio Elenil da Penha, tamb&eacute;m presente na reuni&atilde;o, refor&ccedil;ou que, gradualmente, os setores que possuem altos &iacute;ndices de irregularidade fundi&aacute;ria ser&atilde;o inseridos no programa. &ldquo;O munic&iacute;pio est&aacute; preparado para receber todos os pedidos de regulariza&ccedil;&atilde;o&rdquo;, salientou Elenil.<br />
<br />
Ainda em 2013, a Prefeitura publicou dois decretos que possibilitam o reconhecimento de titularidade das &aacute;reas irregulares. &ldquo;E com este primeiro documento, o propriet&aacute;rio j&aacute; pode pleitear empr&eacute;stimos junto &agrave; Caixa Econ&ocirc;mica Federal para reforma e amplia&ccedil;&atilde;o&rdquo;, completa o prefeito. Depois de cinco anos com o documento, a prefeitura reconhece o t&iacute;tulo definitivo da &aacute;rea.<br />
<br />
<u><strong>Invas&otilde;es&nbsp;</strong></u><br />
<br />
Ronaldo aproveitou a oportunidade para avisar que invas&otilde;es a &aacute;reas p&uacute;blicas n&atilde;o ser&atilde;o mais admitidas. <em>&ldquo;N&atilde;o h&aacute; mais esta necessidade. Nosso programa habitacional &eacute; amplo. S&oacute; em 2013, conseguimos 2.530 casas populares, al&eacute;m das 2200 que v&atilde;o ser entregues este ano. E estamos trabalhando para conseguir mais&rdquo;</em>, informou.<br />
<br />
Com as invas&otilde;es, o prefeito lembrou que fica dif&iacute;cil conseguir &aacute;reas para construir escolas, pra&ccedil;as e unidades b&aacute;sicas de sa&uacute;de, por exemplo, para a popula&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
Ainda durante o encontro, foi anunciado que j&aacute; no pr&oacute;ximo m&ecirc;s o Bairro S&atilde;o Jo&atilde;o receber&aacute; as obras de recupera&ccedil;&atilde;o asf&aacute;ltica. <em>&ldquo;As ruas de maior movimento ter&atilde;o pavimento com asfalto usinado. J&aacute; as demais receber&atilde;o o microrrevestimento duplo&rdquo;</em>, disse Ronaldo.</span></div>

Comentários pelo Facebook: