Seet
Sobral – 300×100

Prefeitura insinua que construção da UPA Vila Norte foi 'erro do passado' e diz que a outra atende 'plenamente a população'

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A Prefeitura de Aragua&iacute;na (TO) respondeu, por meio de nota, o que chamou de &quot;informa&ccedil;&otilde;es desencontradas&quot; sobre a Unidade de Pronto Atendimento &ndash; UPA.<br />
<br />
Conforme mostrado em reportagem, as duas UPAs constru&iacute;das com recursos do Governo Federal deveriam estar em pleno funcionamento, mas at&eacute; agora, somente a unidade do Setor Aragua&iacute;na Sul atende a popula&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
A UPA da Vila Norte foi inaugurada h&aacute; quase tr&ecirc;s anos e atualmente se encontra em estado de abandono, com infiltra&ccedil;&otilde;es e mofos. O investimento foi superior a R$ 2 milh&otilde;es.<br />
<br />
Conforme a nota da Prefeitura, o poder p&uacute;blico vem se esfor&ccedil;ando para colocar em funcionamento, com qualidade, todas as suas unidades de sa&uacute;de, no entanto garantiu que &quot;a UPA do setor Aragua&iacute;na Sul, atende plenamente a popula&ccedil;&atilde;o&quot;, inclusive dos munic&iacute;pios vizinhos..<br />
<br />
<u><strong>&quot;Abandono e calamidade na aten&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica&quot;</strong></u><br />
<br />
A nota classifica como&nbsp; &ldquo;prioridade absoluta&rdquo;, na atual gest&atilde;o, a &ldquo;Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica &agrave; Sa&uacute;de&rdquo; e lembra que esta se encontrava em estado de abandono e calamidade.<br />
<br />
A prefeitura disse ainda que o trabalho de estrutura&ccedil;&atilde;o da aten&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica, principalmente atrav&eacute;s dos Postos de Sa&uacute;de e Hospital Municipal, &ldquo;aumentou a confian&ccedil;a da popula&ccedil;&atilde;o, gerando reflexo positivo na diminui&ccedil;&atilde;o de casos de pouca urg&ecirc;ncia (classificados como azul e verde) na UPA do Aragua&iacute;na Sul&rdquo;.<br />
<br />
<u><strong>&quot;Erros do passado&quot;</strong></u><br />
<br />
A nota afirma que &ldquo;o povo de Aragua&iacute;na est&aacute; cansado de pagar por erros do passado&rdquo; e ressalta que a constru&ccedil;&atilde;o UPA Vila Norte s&oacute; poderia ter ocorrido com previs&atilde;o or&ccedil;ament&aacute;ria. Para coloc&aacute;-la em funcionamento seria necess&aacute;rio retirar recursos dos postinhos. <em>&ldquo;Procedimento que, definitivamente, n&oacute;s descartamos e n&atilde;o faremos&rdquo;</em>, disse a prefeitura.<br />
<br />
A prefeitura foi incisiva ao afirmar que a UPA Vila Norte s&oacute; estar&aacute; em funcionamento quando houver recursos previamente destinados, de forma a n&atilde;o comprometer o funcionamento das demais unidades.&nbsp;<br />
<br />
Confira a nota completa.<br />
<br />
<u><strong>Nota &agrave; Imprensa</strong></u><br />
<br />
<em>ASSUNTO: Informa&ccedil;&otilde;es desencontradas sobre a Unidade de Pronto Atendimento &ndash; UPA<br />
<br />
1 &ndash; A Prefeitura de Aragua&iacute;na vem se esfor&ccedil;ando para colocar em funcionamento, com qualidade, todas as suas unidades de sa&uacute;de. A UPA do setor Aragua&iacute;na Sul, que est&aacute; em funcionamento, atende plenamente a popula&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na e boa parte da popula&ccedil;&atilde;o dos munic&iacute;pios vizinhos, possuindo a mesma capacidade da UPA existente na Capital.<br />
<br />
2 &ndash; Nossa prioridade absoluta &eacute; a Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, que se encontrava em estado de abandono e calamidade quando assumimos a gest&atilde;o. De l&aacute; pra c&aacute;, constru&iacute;mos 4 unidades de sa&uacute;de, sendo 1 j&aacute; inaugurada (outras 3 em fase de aquisi&ccedil;&atilde;o de equipamentos) e reformamos outras 8. Recentemente iniciamos a constru&ccedil;&atilde;o de 7 novas UBSs e mais uma reforma. Isto totaliza 11 novas unidades e 9 reformadas. &Eacute; nosso desafio colocar todas essas 19 unidades funcionando de forma plena em 2014.<br />
<br />
3 &ndash; O d&eacute;ficit hist&oacute;rico de m&eacute;dicos nas UBSs diminuiu consideravelmente e hoje as 39 equipes do Programa Sa&uacute;de da Fam&iacute;lia possuem profissionais.<br />
<br />
4 &ndash; Este trabalho aumentou a confian&ccedil;a da popula&ccedil;&atilde;o nos postinhos e no Hospital Municipal, gerando reflexo positivo na diminui&ccedil;&atilde;o de casos de pouca urg&ecirc;ncia (classificados como azul e verde) na UPA em funcionamento.<br />
<br />
5 &ndash; Hoje nossas UBSs t&ecirc;m suas pr&oacute;prias farm&aacute;cias abastecidas e a prefeitura implantou a Farm&aacute;cia Central para distribui&ccedil;&atilde;o de medicamentos controlados com mais rigor, facilitando, assim, a vida do cidad&atilde;o.<br />
<br />
6 &ndash; A constru&ccedil;&atilde;o de mais uma UPA s&oacute; poderia ter ocorrido com previs&atilde;o or&ccedil;ament&aacute;ria para equipamentos e profissionais que permitissem o seu funcionamento, o que hoje significaria retirar recursos dos postinhos, procedimento que, definitivamente, n&oacute;s descartamos e n&atilde;o faremos.<br />
<br />
7 &ndash; Uma segunda UPA s&oacute; estar&aacute; em funcionamento quando houver recursos previamente destinados, de forma a n&atilde;o comprometer o funcionamento das demais unidades.&nbsp; Esta administra&ccedil;&atilde;o se pauta pela seriedade, planejamento e legalidade na condu&ccedil;&atilde;o de suas pol&iacute;ticas p&uacute;blicas, com especial aten&ccedil;&atilde;o ao setor de sa&uacute;de.<br />
<br />
8 &ndash; Qualquer cobran&ccedil;a que vier ocorrer em virtude de recursos mal aplicados, os respons&aacute;veis ser&atilde;o acionados, inclusive judicialmente, se necess&aacute;rio. O povo de Aragua&iacute;na est&aacute; cansado de pagar por erros do passado.<br />
<br />
9 – Este &eacute; um assunto que deve ser tratado com honestidade e transpar&ecirc;ncia.&nbsp; O que precisa ficar claro &agrave; popula&ccedil;&atilde;o &eacute; que sa&uacute;de n&atilde;o se faz somente com pr&eacute;dios, mas sim com equipamentos de &uacute;ltima gera&ccedil;&atilde;o, medicamentos e profissionais bem pagos, valorizados e comprometidos com o Sistema &Uacute;nico de Sa&uacute;de.<br />
<br />
Aragua&iacute;na, 31 de Janeiro de 2014<br />
<br />
Assessoria de Comunica&ccedil;&atilde;o</em></span></div>

Comentários pelo Facebook: