Seet
Sobral – 300×100

Governo vai pavimentar TO-126 e índios desistem de pôr fogo em torre de energia

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Em reuni&atilde;o com l&iacute;deres ind&iacute;genas e moradores de Tocantin&oacute;polis (TO) na manh&atilde; de s&aacute;bado, 1&ordm;, o governador em exerc&iacute;cio Sandoval Cardoso garantiu que o Governo do Estado far&aacute; pavimenta&ccedil;&atilde;o de dois trechos da TO-126, que liga o munic&iacute;pio a Mauril&acirc;ndia, no extremo-norte do Estado.<br />
<br />
O governador decidiu ir &agrave; comunidade ap&oacute;s os manifestantes prometerem atear fogo nas torres de energia el&eacute;trica caso nenehuma solu&ccedil;&atilde;o fosse apresentada pelo Governo do Estado. <em>&ldquo;Minha miss&atilde;o aqui &eacute; estabelecer o di&aacute;logo, o entendimento, preservar o patrim&ocirc;nio p&uacute;blico e a ordem e em respeito a voc&ecirc;s. O Estado far&aacute; sua parte na pavimenta&ccedil;&atilde;o da TO-126 no que lhe compete.&nbsp; E, todos juntos, vamos a Bras&iacute;lia onde est&aacute; a solu&ccedil;&atilde;o do problema da pavimenta&ccedil;&atilde;o dentro da reserva ind&iacute;gena&rdquo;</em>, anunciou Sandoval Cardoso aos moradores, no encontro realizado no povoado Folha Grossa, em Tocantin&oacute;polis. Com a garantia, os &iacute;ndios liberaram a via e finalizaram protesto.<br />
<br />
Conforme o governador em exerc&iacute;cio, cabe ao Estado pavimentar dois trechos fora da reserva ind&iacute;gena Apinaj&eacute; que totalizam 13,5 quil&ocirc;metros. O primeiro, de 9 km, liga Tocantin&oacute;polis at&eacute; a divisa da aldeia. J&aacute; o restante, de 4,5 km, compreende do outro extremo da divisa da reserva at&eacute; Mauril&acirc;ndia. <em>&ldquo;&Eacute; fundamental esclarecer a voc&ecirc;s que a parte que o Estado pode atuar compreende esses dois trechos. O restante, de aproximadamente 28 km, depende de licen&ccedil;as de &oacute;rg&atilde;os federais como Ibama e Funai. Sem essas autoriza&ccedil;&otilde;es n&atilde;o &eacute; poss&iacute;vel atuar dentro da reserva.&rdquo;</em><br />
<br />
Al&eacute;m de garantir a realiza&ccedil;&atilde;o da obra, Sandoval Cardoso prop&ocirc;s aos l&iacute;deres ind&iacute;genas e convocou deputados estaduais, a bancada federal e membros da comunidade para criar uma comiss&atilde;o. O grupo ficar&aacute; com a responsabilidade de buscar junto aos &oacute;rg&atilde;os federais as licen&ccedil;as necess&aacute;rias para pavimentar o trecho dentro da reserva.<br />
<br />
<u><strong>Obras</strong></u><br />
<br />
Presente na comitiva, o secret&aacute;rio de Infraestrutura do Estado, Kak&aacute; Nogueira, informou que as obras ter&atilde;o in&iacute;cio logo ap&oacute;s o per&iacute;odo de estiagem. <em>&ldquo;Assim que o per&iacute;odo de chuva cessar iniciaremos os trabalhos,com objetivo de concluir e entregar o trecho neste ano&rdquo;</em>, disse.&nbsp;<br />
<br />
O deputado estadual Jos&eacute; Bonif&aacute;cio disse estar esperan&ccedil;oso com a realiza&ccedil;&atilde;o da obra. &ldquo;<em>A obra &eacute; muito importante para as comunidades. Hoje aqui foi uma reuni&atilde;o hist&oacute;rica para as comunidades beneficiadas com este comprometimento do governo.&rdquo;</em><br />
<br />
Para o prefeito de Tocantin&oacute;polis, Fabion Gomes, a obra &eacute; uma reivindica&ccedil;&atilde;o antiga dos moradores. A prefeita de Mauril&acirc;ndia, Leoneide Sobreira, disse estar satisfeita com o empenho do governo para solucionar o problema. E ressaltou a a&ccedil;&atilde;o do governo do Estado no Bico ao lembrar que no &uacute;ltimo dia 21 Sandoval Cardoso esteve em Mauril&acirc;ndia, onde assinou ordem de servi&ccedil;o para pavimentar 21 quil&ocirc;metros da TO-126, que liga Itaguatins a Mauril&acirc;ndia. Depois de pronto, este ser&aacute; o primeiro trecho de acesso pavimentado a Mauril&acirc;ndia.<br />
<br />
Tamb&eacute;m acompanharam a comitiva do governador Sandoval Cardoso o secret&aacute;rio de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, Jos&eacute; Eli&uacute; de Andrada, e o representante da aldeia apinaj&eacute;, Evalci Kunum.</span></div>

Comentários pelo Facebook: