Sobral – 300×100
Seet

Dilma sinaliza apoio do PT ao candidato do PMDB no Tocantins para assegurar aliança nacional

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Em duas reuni&otilde;es nesta segunda-feira, 10, no Pal&aacute;cio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff ofereceu um pacote de apoios do PT ao PMDB em seis Estados nas elei&ccedil;&otilde;es de outubro, entre eles o Tocantins que tem Marcelo Miranda como pr&eacute;-candidato ao Governo.&nbsp;<br />
<br />
Dilma ainda cobrou de seu vice, o peemedebista Michel Temer, uma solu&ccedil;&atilde;o para o impasse com a ala rebelde pemedebista na C&acirc;mara dos Deputados. <em>&quot;Voc&ecirc; tem que resolver esse problema da C&acirc;mara, Temer!</em>&quot;, disse ela ao vice, segundo relatos de participantes de uma das reuni&otilde;es.<em> &quot;Isso n&atilde;o &eacute; problema do governo</em>&quot;, completou a petista.<br />
<br />
Segundo os relatos de quem esteve a portas fechadas com a presidente, ela sinalizou apoio petista a candidatos peemedebistas tamb&eacute;m nos Estados do Maranh&atilde;o, Par&aacute;, Sergipe, Alagoas e Para&iacute;ba. A proposta foi vista com certo ceticismo pelos aliados da presidente.<br />
<br />
De acordo com o vice-presidente Michel Temer (PMDB), a alian&ccedil;a entre os dois partidos para a elei&ccedil;&atilde;o 2014 est&aacute; &ldquo;garantid&iacute;ssima&rdquo;.<br />
<br />
O presidente interino do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), afirmou nesta segunda-feira, 10, que integrantes da c&uacute;pula do partido v&atilde;o conversar na pr&oacute;xima quinta-feira com o presidente do PT, Rui Falc&atilde;o, sobre as alian&ccedil;as nos Estados. Segundo Raupp, h&aacute; realmente uma possibilidade de o PT abrir m&atilde;o de lan&ccedil;ar candidatos em at&eacute; seis Estados para apoiar nomes do PMDB. A ideia &eacute; fortalecer a coliga&ccedil;&atilde;o em torno da candidatura da presidente Dilma Rousseff &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o, especialmente com o PMDB.<br />
<br />
Segundo Raupp, a presidente se mostrou &quot;aberta&quot; &agrave;s conversa&ccedil;&otilde;es quanto &agrave;s alian&ccedil;as regionais. O presidente do PMDB frisou que, em nome da alian&ccedil;a nacional, o parceiro preferencial do partido nos Estados &eacute; o PT. <em>(Com informa&ccedil;&otilde;es do Estad&atilde;o)</em></span></div>

Comentários pelo Facebook: