Sobral – 300×100
Seet

Jorge Frederico se levanta contra aumento abusivo do IPTU de Araguaína e acionará Judiciário

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Entidades e autoridades est&atilde;o come&ccedil;ando a se manifestar contra o reajuste abusivo do IPTU de Aragua&iacute;na (TO). Desta vez, o deputado estadual Jorge Frederico (SDD) n&atilde;o economizou cr&iacute;ticas em rela&ccedil;&atilde;o ao assunto e prometeu acionar o Poder Judici&aacute;rio para barrar o reajuste que ultrapassou os 1.000%, em muitos casos.<br />
<br />
O deputado classificou como &ldquo;famigerada&rdquo; a Lei Complementar n&ordm; 08/2013 que alterou os crit&eacute;rios de cobran&ccedil;a do imposto. Para Jorge Frederico, a administra&ccedil;&atilde;o de Ronaldo Dimas (PR) usa de argumentos escusos para tentar justificar sua a&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Argumentos escusos, que lamentavelmente ludibriam o contribuinte&rdquo;</em>, disse Frederico.<br />
<br />
De acordo com a Prefeitura, o IPTU n&atilde;o sofre reajuste desde 2002, ou seja, h&aacute; mais de 10 anos. No entanto, o deputado araguainense afirmou categoricamente que essa justificativa n&atilde;o &eacute; verdadeira. <em>&ldquo;A Planta de Valores do IPTU de nossa cidade vem passando por aumentos, naturais, de 2002 a 2010. Confira no seu pr&oacute;prio boleto de IPTU pago nos &uacute;ltimos 10 anos&rdquo;</em>, ressaltou Jorge.<br />
<br />
O parlamentar afirmou que a popula&ccedil;&atilde;o, entidades e autoridades n&atilde;o podem aceitar tamanha mazela. <em>&ldquo;Pensando desta forma &eacute; que estou buscando acionar o Poder Judici&aacute;rio contra este aumento exorbitante na Planta de Valores que recai sobre o IPTU. Lutarei bravamente para que este aumento abusivo, nocivo, que fere direitos Constitucionais assegurados a todos os brasileiros, n&atilde;o seja cobrado da sofrida popula&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na&rdquo;</em>, garantiu o deputado estadual, Jorge Frederico.<br />
<br />
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) tamb&eacute;m se manifestou contra o aumento do imposto e marcou para amanh&atilde; (12) uma reuni&atilde;o com advogados e popula&ccedil;&atilde;o em geral onde ser&atilde;o definidas medidas para barrar a abusividade do reajuste do IPTU.</span></div>

Comentários pelo Facebook: