Seet
Sobral – 300×100

Marcelo Lelis propõe guerra contra imposto: "cidadão está cansado de pagar e não ver melhoria nos serviços públicos"

admin -

<span style="font-size:14px;">A aprova&ccedil;&atilde;o da MP 26/2013, que aumenta em at&eacute; 2.000% as taxas cobradas pelos cart&oacute;rios do Tocantins, levou o deputado Marcelo Lelis (PV) a fazer um pronunciamento contundente contra a pol&iacute;tica fiscal adotada pelo Governo do Estado, que onera a classe produtiva com o aumento de taxas e encargos p&uacute;blicos.<br />
<br />
<em>&quot;O cidad&atilde;o tocantinense e a classe empresarial est&atilde;o cansados. Eles n&atilde;o podem pagar o custo de uma m&aacute;quina p&uacute;blica inchada e ineficiente. O Governo tem que incentivar o desenvolvimento, criando mecanismos de est&iacute;mulo para o crescimento da produ&ccedil;&atilde;o, n&atilde;o onerar a classe produtiva e o trabalhador com o aumento de taxas e impostos. Esse tipo de pr&aacute;tica pol&iacute;tica tem que acabar&quot;,</em> argumentou Marcelo Lelis.<br />
<br />
O deputado demonstrou preocupa&ccedil;&atilde;o com o resultado negativo que o aumento das taxas cobradas pelos cart&oacute;rios causar&aacute; &agrave; economia tocantinense. <em>&ldquo;O custo de produ&ccedil;&atilde;o para o empres&aacute;rio vai aumentar com o reajuste das taxas cobradas pelos cart&oacute;rios, e o empres&aacute;rio ter&aacute; que repassar esse aumento para os pre&ccedil;os dos produtos que comercializa e dos servi&ccedil;os que oferecer, sobrando para o consumidor pagar a conta&rdquo;</em>, explicou o parlamentar.<br />
<br />
Segundo Marcelo Lelis, a popula&ccedil;&atilde;o est&aacute; cansada de pagar tantos impostos e n&atilde;o ver melhoria nos servi&ccedil;os p&uacute;blicos. <em>&ldquo;O Brasil &eacute; um dos pa&iacute;ses com a carga tribut&aacute;ria mais alta do mundo. O dinheiro que vai para os cofres p&uacute;blicos n&atilde;o retorna em benef&iacute;cio para a popula&ccedil;&atilde;o. Mesmo pagando muito imposto, os servi&ccedil;os p&uacute;blicos continuam prec&aacute;rios&rdquo;</em>, pontuou Lelis.<br />
<br />
O deputado disse que a inefici&ecirc;ncia da gest&atilde;o p&uacute;blica &eacute; o principal gargalo de desperd&iacute;cio do dinheiro do contribuinte. <em>&ldquo;&Eacute; preciso melhorar a gest&atilde;o p&uacute;blica, torn&aacute;-la mais enxuta e eficiente. Com a&ccedil;&otilde;es planejadas, o Governo tem condi&ccedil;&atilde;o de baixar impostos e desafogar o setor produtivo, criando alternativas para o crescimento econ&ocirc;mico, com gera&ccedil;&atilde;o de emprego e renda para o trabalhador&rdquo;</em>, argumentou.</span><br />

Comentários pelo Facebook: