Seet
Sobral – 300×100

ACIARA antecipa reunião com classe empresarial para discutir reajuste do IPTU de Araguaína

admin -

<div>
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A reuni&atilde;o da Associa&ccedil;&atilde;o Comercial e Industrial de Aragua&iacute;na (Aciara) que estava prevista para acontecer somente no pr&oacute;ximo dia 18 de mar&ccedil;o, foi antecipada para esta sexta-feira (14), a partir das 18 horas.<br />
<br />
De acordo com a Associa&ccedil;&atilde;o, a classe empresarial discutir&aacute; a melhor solu&ccedil;&atilde;o poss&iacute;vel em rela&ccedil;&atilde;o ao aumento do IPTU de Aragua&iacute;na e definir&aacute; qual posicionamento a entidade adotar&aacute;.<br />
<br />
A reuni&atilde;o ser&aacute; aberta apenas aos associados e profissionais de imprensa.<br />
<br />
A Aciara j&aacute; chegou a externar sua preocupa&ccedil;&atilde;o com o desequil&iacute;brio econ&ocirc;mico que o reajuste do IPTU pode ocasionar, podendo refletir diretamente na queda das vendas no com&eacute;rcio. Em muitos casos a corre&ccedil;&atilde;o superou os 1.000%. Numa reuni&atilde;o realizada no dia 26 de janeiro os empres&aacute;rios expuseram a insatisfa&ccedil;&atilde;o da classe.<br />
<br />
A Prefeitura justifica que a base de c&aacute;lculo do IPTU (planta de valores) n&atilde;o sofreu nenhuma atualiza&ccedil;&atilde;o desde o ano de 2002, chegando a 95% dos lotes estarem avaliados em valores irris&oacute;rios, na m&eacute;dia de R$ 636,00.<br />
<br />
A nova Planta de Valores foi &ldquo;referendada&rdquo; no dia 30 de outubro de 2013 na C&acirc;mara de Aragua&iacute;na. Todos os 17 vereadores votaram favor&aacute;veis.<br />
<br />
Em julho do ano passado, os empres&aacute;rios araguainenses baixaram as portas das lojas e foram &agrave;s ruas cobrar &quot;Mais Seguran&ccedil;a e Menos Impostos&quot;. Na &eacute;poca, um documento foi encaminhado ao governador Siqueira Campos com uma s&eacute;rie de reivindica&ccedil;&otilde;es, mas obtiveram o sil&ecirc;ncio como resposta. &nbsp;</span></div>

Comentários pelo Facebook: