Seet
Sobral – 300×100

Órgãos fazem operação de combate ao comércio clandestino de gás de cozinha em Araguaína

admin -

<div>
<span style="font-size:14px;">Encerra-se na tarde desta quinta-feira, 13, uma opera&ccedil;&atilde;o que tem como alvo o com&eacute;rcio clandestino de G&aacute;s Liquefeito de Petr&oacute;leo (GLP), &quot;g&aacute;s de cozinha&quot;, no munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na, empreendida pelo Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE), Ag&ecirc;ncia Nacional de Petr&oacute;leo (ANP) e Corpo de Bombeiros.<br />
<br />
Desde segunda-feira, 10, estabelecimentos de grande, m&eacute;dio e pequeno porte est&atilde;o sendo vistoriados, em todas as regi&otilde;es da cidade, sobretudo aqueles que foram alvo de den&uacute;ncias ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual por funcionarem sem autoriza&ccedil;&atilde;o da ANP e sem certifica&ccedil;&atilde;o de vistoria do Corpo de Bombeiros, pondo em risco a popula&ccedil;&atilde;o das &aacute;reas circunvizinhas.<br />
<br />
<u><strong>Apreens&atilde;o</strong></u><br />
<br />
A maior apreens&atilde;o dessa opera&ccedil;&atilde;o ocorreu na ter&ccedil;a-feira, 11, quando foi interditada uma grande revendedora, que fornecia botij&otilde;es para um pequeno comerciante clandestino da cidade. Neste revendedor, 180 botij&otilde;es foram apreendidos e posteriormente, entregues a uma empresa legalizada, enquanto deposit&aacute;ria fiel do produto.<br />
<br />
A opera&ccedil;&atilde;o &ldquo;Pr&oacute;-Consumidor&rdquo; &eacute; coordenada pelo Centro de Apoio Operacional (Caop) do Consumidor, &oacute;rg&atilde;o do MPE, e est&aacute; sendo realizada por solicita&ccedil;&atilde;o da 5&ordf; Promotoria de Justi&ccedil;a de Aragua&iacute;na.<br />
<br />
Ao final dos trabalhos, ser&aacute; emitido um relat&oacute;rio circunstanciado com um balan&ccedil;o final da opera&ccedil;&atilde;o, para que sejam adotadas medidas c&iacute;veis, administrativas e criminais cab&iacute;veis, segundo informou a Promotora de Justi&ccedil;a Ara&iacute;na Cesarea D&#39;alessandro.<br />
<br />
<u><strong>Reuni&atilde;o</strong></u><br />
<br />
O com&eacute;rcio de g&aacute;s GLP no munic&iacute;pio foi tema tamb&eacute;m de uma reuni&atilde;o, ocorrida na manh&atilde; desta quinta-feira, 13, na sede das Promotorias de Justi&ccedil;a de Aragua&iacute;na, coordenada pela Promotora Ara&iacute;na D&#39;alessandro e que contou com a presen&ccedil;a de todos os revendedores legalizados e de representantes do Caop do Consumidor, da Ag&ecirc;ncia Nacional de Petr&oacute;leo (ANP), Corpo de Bombeiros e do Sindicato dos Revendedores e Transportadores de GLP no Estado.</span></div>

Comentários pelo Facebook: