Sobral – 300×100
Seet

Nosso Lar e Oi são as campeãs de reclamações no Procon pelo 2º ano consecutivo

admin -

<span style="font-size:14px;">Na semana do Consumidor, o Procon Tocantins divulgou nesta ter&ccedil;a-feira (18) o Cadastro de Reclama&ccedil;&otilde;es Fundamentadas de 2013, trazendo os nomes das empresas mais reclamadas com suas demandas e status de atendimento. A divulga&ccedil;&atilde;o atende a previs&atilde;o expressa no artigo 44 do C&oacute;digo de Defesa do Consumidor.<br />
<br />
O Cadastro divulgado pelo Procon Tocantins&nbsp; tem os seguintes cinco primeiros colocados: Lojas Nosso Lar em primeiro lugar, com 284 reclama&ccedil;&otilde;es, sendo a maioria delas sobre garantia. Em segundo, aparece a Brasil Telecom (telefonia fixa) com 234 reclama&ccedil;&otilde;es, compreendendo, cobran&ccedil;a indevida/abusiva, em sua maioria. O Banco BMG est&aacute; em terceiro lugar, com 182 reclama&ccedil;&otilde;es, tendo sua maior demanda sobre antecipa&ccedil;&atilde;o de financiamento. Em quarto lugar a telefonia celular da Brasil Telecom, com 163 reclama&ccedil;&otilde;es, onde os maiores apontamentos s&atilde;o sobre cobran&ccedil;a indevida/abusiva e em quinto a Semp Toshiba, com 156 reclama&ccedil;&otilde;es, sendo grande parte delas por garantia.&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
De acordo com o Procon, em compara&ccedil;&atilde;o a 2013 este ranking apresenta algumas repeti&ccedil;&otilde;es. A realidade de 2012 trouxe tamb&eacute;m as Lojas Nosso Lar no topo da lista com 163 reclama&ccedil;&otilde;es, sendo a maioria sobre garantia. Em segundo, Novo Mundo com 153 reclama&ccedil;&otilde;es com a grande maioria tamb&eacute;m sobre garantia. Passando para os servi&ccedil;os de telefonia, em terceiro lugar esteve a Brasil Telecom (telefonia fixa) com 149 reclama&ccedil;&otilde;es, em sua maioria sobre cobran&ccedil;a indevida/abusiva; empresa que ocupou tamb&eacute;m o quarto lugar com telefonia celular totalizando 143 reclama&ccedil;&otilde;es, compreendendo sua maior demanda, assim como na telefonia fixa, a cobran&ccedil;a indevida/abusiva. A Americel (Claro) apareceu no quinto lugar com 120 reclama&ccedil;&otilde;es tendo a cobran&ccedil;a indevida/abusiva como o maior problema apontado pelos consumidores.<br />
<br />
Para o diretor Geral do Procon, Dulc&eacute;lio Stival, o Cadastro de Reclama&ccedil;&otilde;es Fundamentadas &eacute; uma ferramenta importante que o consumidor pode utilizar para saber quais as empresas mais reclamadas e decidir onde estabelecer uma rela&ccedil;&atilde;o consumerista. Por sua vez, as empresas podem ficar atentas aos problemas apresentados e evitar que aconte&ccedil;am novamente.<br />
<br />
Dulc&eacute;lio Stival participar&aacute; de uma reuni&atilde;o em Bras&iacute;lia, no in&iacute;cio do pr&oacute;ximo m&ecirc;s, para discutir a possibilidade de implantar no Tocantins, um sistema de atendimento online, onde o consumidor poder&aacute; fazer a reclama&ccedil;&atilde;o e acompanhar o andamento do processo da sua pr&oacute;pria casa, via internet, tendo o prazo de alguns dias &uacute;teis para apresentar a documenta&ccedil;&atilde;o f&iacute;sica no &oacute;rg&atilde;o.<br />
<br />
<u><strong><a href="http://central3.to.gov.br/arquivo/181474/" target="_blank">Confira a lista completa de reclama&ccedil;&otilde;es</a></strong></u></span>

Comentários pelo Facebook: