Seet
Sobral – 300×100

Avião que sumiu com 239 a bordo caiu no Oceano Índico, diz governo da Malásia

admin -

<span style="font-size:14px;">O primeiro-ministro da Mal&aacute;sia, Najib Razak, confirmou nesta segunda-feira, 24, que o voo MH 370 caiu no sul do Oceano &Iacute;ndico.&nbsp; De acordo com o premi&ecirc;, novos dados de sat&eacute;lites analisados por uma empresa brit&acirc;nica levaram &agrave; conclus&atilde;o de que o Boeing 777-200 com 239&nbsp; pessoas a bordo saiu da rota prevista, percorreu o chamado corredor sul entre o Sudeste Asi&aacute;tico e a costa oeste da Austr&aacute;lia e caiu a sudoeste de Perth.&nbsp; A Malaysia Airlines divulgou um comunicado no qual oferece condol&ecirc;ncias &agrave;s fam&iacute;lias dos passageiros e tripulantes do voo e informa que as buscas continuam.<br />
<br />
&quot;&Eacute; com profunda tristeza que informo que o avi&atilde;o terminou sua jornada no sul do Oceano &Iacute;ndico&quot;, disse o primeiro-ministro. &quot;Amanh&atilde; haver&aacute; uma nova coletiva com novos detalhes sobre o caso.&quot;&nbsp;<br />
<br />
No comunicado da Malaysia Airlines, a empresa diz que &eacute; preciso aceitar que todas as informa&ccedil;&otilde;es dispon&iacute;veis levam a crer que o avi&atilde;o tenha &quot;encerrado seu voo&quot; no mar e oferece condol&ecirc;ncias pelas 239 pessoas a bordo.&nbsp; Parentes das v&iacute;timas foram levados em voos fretados de Pequim para a Austr&aacute;lia, onde est&atilde;o sediadas as buscas.<br />
<br />
&quot;Sabemos que n&atilde;o h&aacute; palavras que n&oacute;s ou qualquer pessoa pode dizer para amenizar a dor de voc&ecirc;s&quot;, diz o texto. &quot;Continuaremos a oferecer ajuda e apoio, como temos feito desde o desaparecimento do voo em 8 de mar&ccedil;o. Oferecemos nossos pensamentos, ora&ccedil;&otilde;es e condol&ecirc;ncias a todos afetados por essa trag&eacute;dia.&quot;<br />
<br />
<u><strong>Novos ind&iacute;cios. </strong></u><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/97714.JPG" style="width: 300px; height: 200px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Mais cedo,&nbsp; a opera&ccedil;&atilde;o internacional de busca do avi&atilde;o da Malaysia Airlines que desapareceu com 239 pessoas a bordo em 8 de mar&ccedil;o avistou nesta segunda-feira, 24, dois objetos no Oceano &Iacute;ndico que podem ser destro&ccedil;os do boeing 777-200. Um dos objetos &eacute; circular e o outro, retangular.Eles foram retirados da &aacute;gua e uma an&aacute;lise determinar&aacute; se pertenciam ao voo MH 370.<br />
<br />
&quot;Todo mundo est&aacute; bastante animado com sucesso das buscas de hoje&quot;, disse o tenente australiano Josh Willians, que encontrou os destro&ccedil;os que podem ser do voo MH 370.<br />
<br />
O avi&atilde;o, que ia de Kuala Lampur para Pequim desapareceu dos radares ap&oacute;s 40 minutos de voo e fez uma curva brusca para a esquerda. Os dois pilotos da aeronave est&atilde;o sendo investigados mas ainda n&atilde;o se sabe o que provocou a mudan&ccedil;a de rota.<br />
<br />
O copiloto do voo MH370, Fariq Abdul Hamid, estreante na condu&ccedil;&atilde;o de boeings 777-200 n&atilde;o passou por um procedimento padr&atilde;o pelo qual teria de fazer seus primeiros cinco voos com um copiloto adicional. &quot;N&atilde;o vimos nenhum problema com ele&quot;, disse a empresa, por meio de nota.</span>

Comentários pelo Facebook: