Sobral – 300×100
Seet

Prefeitura afirma que “não condiz com a verdade” informações sobre atendimento médico em bar

admin -

<div>
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O <a href="http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2014/03/populacao-de-araguaina-recebe-atendimento-medico-dentro-de-um-bar.html" target="_blank">Jornal da Globo</a> exibiu, na noite de quinta-feira (27),&nbsp; uma <a href="http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2014/03/populacao-de-araguaina-recebe-atendimento-medico-dentro-de-um-bar.html" target="_blank">mat&eacute;ria</a> mostrando que pacientes no Munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na (TO) estavam recebendo atendimento m&eacute;dico em um bar porque o posto o Posto de Sa&uacute;de da localidade est&aacute; em reforma.<br />
<br />
De acordo com a Prefeitura de Aragua&iacute;na, a mat&eacute;ria exibida no telejornal, que foi produzida pela TV Anhanguera, <em>&ldquo;n&atilde;o condiz com a verdade&rdquo;</em>. Segundo a nota de esclarecimento, a equipe do Programa Sa&uacute;de da Fam&iacute;lia (PSF) utilizou o espa&ccedil;o do bar &lsquo;Gelad&atilde;o&rsquo; apenas no per&iacute;odo da manh&atilde; para atendimento de moradores da regi&atilde;o, devido a reforma da Unidade B&aacute;sica de Sa&uacute;de do Setor S&atilde;o Miguel.<br />
<br />
A prefeitura diz ainda que no local foram realizadas aferi&ccedil;&otilde;es de press&atilde;o arterial, bem como atendimentos aos hipertensos e diab&eacute;ticos. &ldquo;<em>N&atilde;o houve nenhum procedimento cl&iacute;nico como refere-se a mat&eacute;ria da TV Anhanguera&rdquo;,</em> afirmou.<br />
<br />
<u><strong>Depoimento do senhor Aparecido El&oacute;i</strong></u><br />
<br />
Conforme o Jornal da Globo, o senhor Aparecido El&oacute;i, aposentado e cadeirante, n&atilde;o concorda com essa hist&oacute;ria de ir ao bar em busca de sa&uacute;de. <em>&ldquo;A gente se sente constrangido. A gente &eacute; homem do campo, lutou muito com a vida, com honestidade. E, hoje, quando a gente precisa de sa&uacute;de, fica meio isolado&rdquo;</em>, lamenta.<br />
<br />
A nota da Prefeitura esclarece que o senhor Aparecido El&oacute;i, entrevistado na reportagem, tem acompanhamento peri&oacute;dico, na modalidade &ldquo;atendimento domiciliar&rdquo; e n&atilde;o foi atendido no mutir&atilde;o daquela equipe de PSF. Aparecido Eloi tem 44 anos e sofreu um acidente de cavalo em 1998, tendo paraplegia, portanto seu acompanhamento m&eacute;dico e de profissionais da sa&uacute;de &eacute; feito em sua resid&ecirc;ncia; sendo que a agente de sa&uacute;de esteve naquele mesmo dia em sua resid&ecirc;ncia, antes da reportagem.<br />
<br />
<u><strong>&ldquo;Boa inten&ccedil;&atilde;o&rdquo;</strong></u><br />
<br />
A mat&eacute;ria exibida em rede nacional diz que o dono do bar, que cedeu o espa&ccedil;o, s&oacute; pensou no bom atendimento da popula&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Isso foi uma iniciativa do agente de sa&uacute;de, que chegou at&eacute; a minha pessoa e perguntou se poderia ceder o espa&ccedil;o para fazer o atendimento do pessoal, j&aacute; que o posto de sa&uacute;de n&atilde;o estava funcionando. A&iacute;, eu n&atilde;o vi problema nenhum, cedi na maior boa vontade&rdquo;</em>, lembra Fl&aacute;vio Cardoso.<br />
<br />
Conforme a mat&eacute;ria, o atendimento m&eacute;dico no bar surpreendeu at&eacute; os gar&ccedil;ons que ficaram com medo de perder o emprego. <em>&ldquo;Em primeiro lugar, eu fiquei preocupado. A&iacute;, pronto, o meu servi&ccedil;o eu perdi porque virou um posto de sa&uacute;de&rdquo;</em>, conta o gar&ccedil;om Gilberto Pereira.</span><br />
<br />
<u><strong><span style="font-size:14px;">Prefeitura entrevista morador – senhor Aparecido El&oacute;i conta outra vers&atilde;o</span></strong></u><br />
<br />
<div class="media_embed">
<iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="//www.youtube.com/embed/EdxbyHZcDQw" width="420"></iframe></div>
</div>
<br />

Comentários pelo Facebook: