Sobral – 300×100
Seet

Sintet orienta professores a permanecerem em greve e aguardar posição do próprio Sindicato sobre retorno às aulas

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Com a greve declarada ilegal, o Sindicato dos Trabalhadores em Educa&ccedil;&atilde;o do Tocantins (Sintet) emitiu nota orientando os professores a permanecerem no movimento grevista at&eacute; manifesta&ccedil;&atilde;o do pr&oacute;prio sindicato.<br />
<br />
Em car&aacute;ter liminar, o juiz Helv&eacute;cio de Brito Maia Neto concedeu na &uacute;ltima sexta-feira (28) decis&atilde;o favor&aacute;vel ao Governo do Estado declarando ilegal a greve e determinando o retorno imediato &agrave;s aulas, sob pena de multa di&aacute;ria de R$ 20 mil ao Sindicato, e desconto em folha dos dias n&atilde;o trabalhados pelos professores.<br />
<br />
De acordo com o Sindicato, assim que for notificado formalmente da decis&atilde;o tamb&eacute;m entrar&aacute; com recurso liminar atacando a decis&atilde;o. A nota lembra que enquanto n&atilde;o for citado a greve continua.<em> &ldquo;N&atilde;o devemos obedecer ordens de nenhum diretor, nem da Seduc. A suspens&atilde;o neste momento, se houver, quem vai informar &eacute; o Sintet. Aguardem posi&ccedil;&atilde;o do sindicato, &eacute; ele quem legalmente institui a obedi&ecirc;ncia ou n&atilde;o &agrave; decis&atilde;o&rdquo;</em>, afirmou a nota.<br />
<br />
Est&aacute; agendada para hoje (31) uma reuni&atilde;o entre o Sindicato e os secret&aacute;rios da Educa&ccedil;&atilde;o e Administra&ccedil;&atilde;o, &agrave;s 15 horas. Ap&oacute;s a reuni&atilde;o o Sintet divulgar&aacute; uma nota com a decis&atilde;o que tomar&aacute; e todas as orienta&ccedil;&otilde;es. <em>&ldquo;Assim, a greve continua normalmente nesta segunda-feira, 31&rdquo;</em>, finaliza a nota.</span>

Comentários pelo Facebook: