Sobral – 300×100
Seet

Centenas de professores interditam BR-153 por mais de uma hora e criticam ditadura no Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;">Em greve desde o dia 24 de mar&ccedil;o, e sem avan&ccedil;os nas negocia&ccedil;&otilde;es,&nbsp; os professores e demais servidores da rede estadual de ensino interditaram com barricadas de pneus a BR-153 no in&iacute;cio do per&iacute;metro urbano de Aragua&iacute;na (TO), na manh&atilde; desta quarta-feira (2). O ato foi para chamar a aten&ccedil;&atilde;o do governador Siqueira Campos (PSDB) para as reivindica&ccedil;&otilde;es da categoria.<br />
<br />
Por mais de uma hora o tr&acirc;nsito ficou paralisado em ambos os sentidos da rodovia e os profissionais reafirmaram os pontos reivindicados, dentre eles melhores condi&ccedil;&otilde;es de trabalho, reposi&ccedil;&atilde;o salarial e o fim das interfer&ecirc;ncias pol&iacute;ticas nas escolas.<br />
<br />
A movimenta&ccedil;&atilde;o teve in&iacute;cio por volta das 9 horas quando os profissionais sa&iacute;ram da sede do Sindicato em carreata at&eacute; a rodovia federal. Os professores contaram ainda com o apoio de diversos pais, alunos e comunidade em geral. No ato foram expostas faixas, cartazes e panfletos com&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">as reivindica&ccedil;&otilde;es da categoria e&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">cr&iacute;ticas &agrave; gest&atilde;o estadual.<br />
<br />
<u><strong>Ditadura no Tocantins</strong></u><br />
<br />
No ato, o&nbsp; presidente regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educa&ccedil;&atilde;o no Tocantins (Sintet), professor Jesul&ecirc; Guida, pediu desculpas aos motoristas pelos transtornos, por&eacute;m esclareceu os motivos da manifesta&ccedil;&atilde;o e conclamou todos a lutarem por um pa&iacute;s melhor. O l&iacute;der sindical ainda fez duras cr&iacute;ticas ao governador Siqueira Campos, comparando-o a um ditador que viveu h&aacute; 300 anos. Jesul&ecirc; ainda acrescentou que o Tocantins &eacute;&nbsp; um &ldquo;Estado que tem apenas 25 anos de exist&ecirc;ncia, por&eacute;m, mais de 300 anos de velhice, corrup&ccedil;&atilde;o, ditadura&rdquo;.&nbsp; O representante sindical ainda rebateu o argumento do Governo de que o professor do Tocantins recebe o 2&ordm; maior sal&aacute;rio do Brasil.<br />
<br />
<u><strong>M&aacute; qualidade da merenda escolar</strong></u><br />
<br />
Os profissionais tamb&eacute;m criticaram o baix&iacute;ssimo repasse que &eacute; feito &agrave;s escolas para aquisi&ccedil;&atilde;o da merenda escolar, fator que tem interferido na qualidade da alimenta&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;A merenda distribu&iacute;da aos alunos mais parece lavagem. At&eacute; a refei&ccedil;&atilde;o servida no pres&iacute;dio &eacute; melhor. A merenda &eacute; farinha com feij&atilde;o, parece comida de porco. Se chegar esse lanche l&aacute; no pres&iacute;dio Barra da Grota eles jogam na cara de quem estiver distribuindo&rdquo;</em>&nbsp; criticou a educadora.<br />
<br />
<strong><u>Cartazes e faixas</u></strong><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/thumbs.jpg" style="width: 300px; height: 197px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Nas faixas e cartazes os professores reivindicaram processo democr&aacute;tico na escolha dos diretores escolares, e n&atilde;o apenas crit&eacute;rios pol&iacute;ticos.&nbsp; <em><strong>&ldquo;Elei&ccedil;&otilde;es para diretores nas Escolas&rdquo;</strong></em> dizia uma faixa.&nbsp; J&aacute; a outra era mais enf&aacute;tica: <strong><em>&ldquo;Fim da interfer&ecirc;ncia pol&iacute;tica nas Escolas</em></strong>&rdquo;. Um cartaz&nbsp; criticava o rombo de R$ 300 milh&otilde;es no Igeprev e, mais especificamente, a aplica&ccedil;&atilde;o temer&aacute;ria na Churrascaria Porc&atilde;o. &ldquo;Nossos professores merecem uma aposentadoria digna&rdquo;, defenderam.<br />
<br />
J&aacute; um grupo de alunos que participou do manifesto fez uma par&oacute;dia dedicada ao Governador do Estado. <em>&ldquo;Ehhh Siqueira, v&ecirc; se te orienta! Desse jeito a educa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o aguenta!&rdquo;.</em><br />
<br />
A BR-153 ficou interditada por mais de uma hora e o congestionamento formado nos dois lados chegou a 7 km.&nbsp; O pr&oacute;ximo passo, segundo a categoria, &eacute; fazer uma manifesta&ccedil;&atilde;o no Pal&aacute;cio do Governador, na pr&oacute;xima semana.</span><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/10006318_526378264137161_658134018_n.jpg" style="width: 600px; height: 450px;" /><br />

Comentários pelo Facebook: