Seet
Sobral – 300×100

Delegados do Tocantins querem ser incluídos nas carreiras jurídicas

admin -

<span style="font-size:14px;">O Sindicato dos Delegados de Pol&iacute;cia do Tocantins (Sindepol) realiza nesta ter&ccedil;a-feira, 8, &agrave;s 15 horas, uma Assembleia Geral Extraordin&aacute;ria (AGE). Em pauta, a jornada de 40 horas semanais e a mobiliza&ccedil;&atilde;o da categoria em prol da carreira jur&iacute;dica.<br />
<br />
No &uacute;ltimo s&aacute;bado (5) os delegados deflagraram a opera&ccedil;&atilde;o <em>Pacto pela legalidade – Delegado de Pol&iacute;cia valorizado, sociedade protegida</em>. O objetivo da mobiliza&ccedil;&atilde;o, segundo a presidente do sindicato, Cinthia de Paula Lima, &eacute; chamar a aten&ccedil;&atilde;o do governo do Estado e dos deputados estaduais para as reivindica&ccedil;&otilde;es da categoria por melhores condi&ccedil;&otilde;es de trabalho.<br />
<br />
Os delegados lutam tamb&eacute;m para serem inclu&iacute;dos nas carreiras jur&iacute;dicas, o que lhes dar&aacute; mais autonomia no exerc&iacute;cio de suas fun&ccedil;&otilde;es, evitando a inger&ecirc;ncia dos gestores, como a transfer&ecirc;ncia injustificada de delegados. <em>&quot;N&oacute;s queremos a seguran&ccedil;a de que n&atilde;o seremos transferidos ao come&ccedil;ar a investigar um pol&iacute;tico da cidade, por exemplo, o que infelizmente ainda acontece&quot;</em>, destacou. Para isso, o Sindepol j&aacute; apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) aos mandat&aacute;rios tocantinenses, que continuam inertes em rela&ccedil;&atilde;o ao assunto.<br />
<br />
A representante legal dos delegados lembra ainda que n&atilde;o h&aacute; justifica convincente do governo para n&atilde;o incluir os delegados nas carreiras jur&iacute;dicas, j&aacute; que &ldquo;a natureza do cargo j&aacute; &eacute; prevista em lei e n&atilde;o gera nenhum impacto aos cofres p&uacute;blicos do Estado, uma vez que o pleito n&atilde;o envolve remunera&ccedil;&atilde;o&rdquo;, disse Cinthia, referindo-se &agrave; declara&ccedil;&atilde;o dos secret&aacute;rios de Administra&ccedil;&atilde;o e Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, L&uacute;cio Mascarenhas e Jos&eacute; Eli&uacute;, segundo a qual estariam consultando o Tribunal de Contas do Estado quanto &agrave; viabilidade e da PEC dos delegados.<br />
<br />
<u><strong>Mobiliza&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Na manh&atilde; desta segunda-feira cerca de 80 delgados reuniram-se na sede do Sindepol, de onde seguiram at&eacute; o Pal&aacute;cio Araguaia. &Agrave; tarde eles re&uacute;nem-se novamente na sede do sindicato, onde v&atilde;o aguardar um posicionamento do governo.</span>

Comentários pelo Facebook: