Sobral – 300×100
Seet

Vigilância Sanitária inicia 'Operação Semana Santa' para fiscalizar comercialização de pescados em Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">O Departamento Municipal de Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria inicia a &ldquo;Opera&ccedil;&atilde;o Semana Santa&rdquo; nesta quarta-feira, 16. Assim como no ano passado, a blitz de inspe&ccedil;&atilde;o percorrer&aacute;, no per&iacute;odo que antecede a p&aacute;scoa, cerca de 50 pontos da cidade que comercializam pescados, tais como peixarias, supermercados, a&ccedil;ougues, feiras e com&eacute;rcios em geral.<br />
<br />
O principal objetivo dessa fiscaliza&ccedil;&atilde;o nos estabelecimentos comerciais &eacute; verificar de onde vieram os produtos, verificar quais as condi&ccedil;&otilde;es de conserva&ccedil;&atilde;o, averiguar as formas de armazenamento e avaliar a temperatura a que s&atilde;o submetidos os alimentos vendidos durante a Semana Santa. <em>&ldquo;A preocupa&ccedil;&atilde;o principal da Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria &eacute; coibir a venda de produtos impr&oacute;prios para consumo humano, tir&aacute;-los de circula&ccedil;&atilde;o e oferecer maior seguran&ccedil;a ao p&uacute;blico consumidor&rdquo;</em>, assegurou Cl&aacute;udio Aguiar, coordenador de Vigil&acirc;ncia Sanit&aacute;ria.<br />
<br />
A fiscaliza&ccedil;&atilde;o dos pescados comercializados, realizada rotineiramente e intensificada neste per&iacute;odo do ano, contar&aacute; com oito fiscais do &oacute;rg&atilde;o. Caso os produtos, como o peixe comercial, estejam fora das normas padr&atilde;o estabelecidas para comercializa&ccedil;&atilde;o, os produtos ser&atilde;o apreendidos e a Vigil&acirc;ncia lavra auto de infra&ccedil;&atilde;o aos comerciantes ou empres&aacute;rios.</span>

Comentários pelo Facebook: