Seet
Sobral – 300×100

“Niemeyer revolucionou arquitetura e deixa legado de sabedoria", diz Siqueira Campos

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Ao tomar conhecimento do falecimento do arquiteto Oscar Niemeyer nesta quarta-feira, 5, o Governador Siqueira Campos divulgou nota na qual afirma que o Brasil se despediu de &ldquo;um homem que revolucionou a arquitetura moderna, mas que deve ser lembrado tamb&eacute;m por sua sabedoria e sentimentos humanit&aacute;rio e de solidariedade como poucos&rdquo;.<br />
<br />
<em>&ldquo;Ao Brasil e ao mundo, deixa legado magn&iacute;fico com seu trabalho, as suas obras belas e funcionais que influenciaram e revolucionaram a arquitetura e o paisagismo no planeta… Ao Tocantins, deixou sua marca, uma obra de arte que orgulha todo o povo: o Memorial Coluna Prestes, que ele cedeu a Palmas e ao Estado, um magn&iacute;fico presente a esta capital&rdquo;</em>, afirmou o Governador. O projeto do memorial, inaugurado em 5 de outubro de 2001, foi doado por Niemeyer. O monumento fica na Pra&ccedil;a dos Girass&oacute;is e na entrada h&aacute; o &quot;Cavaleiro da Luz&quot;, escultura do artista pl&aacute;stico Maur&iacute;cio Bentes que representa Luiz Carlos Prestes. <em>&ldquo;&Eacute; motivo de orgulho para o Tocantins ter uma obra desse g&ecirc;nio. E h&aacute; outra marca dele no Estado: na rodovia Coluna Prestes (TO-050), na divisa do Tocantins com Goi&aacute;s, em Arraias, h&aacute; o monumento que ele tamb&eacute;m presenteou o Estado&rdquo;</em>, complementou o Governador.<br />
<br />
Ao falar de Niemeyer, Siqueira Campos disse remeter na mem&oacute;ria os melhores momentos da juventude, quando era office boy de Luiz Carlos Prestes e, nos anos de 1945 e 1946 conviveu com o arquiteto. <em>&ldquo;Era um homem s&aacute;bio, que primava pela simplicidade, sentimento humanit&aacute;rio e de solidariedade. Ele sempre visitava Prestes, com [Candido] Portinari, Jorge Amado, entre outros. Ser humano ameno, amigo… Seus ensinamentos deram direcionamento &agrave; minha vida. Dizem que era comunista, mas, na verdade, era prestista. Prestes era o &iacute;dolo dele&rdquo;</em>, lembrou. <em>&ldquo;Coloco-me de luto como se fosse algu&eacute;m da pr&oacute;pria fam&iacute;lia. O Tocantins, de luto, reverencia a obra deste grande homem, do grande ser humano e artista esplendoroso chamado Oscar Niemeyer&rdquo;</em>, finalizou.<br />
<br />
<u><strong>Nota do Governador Siqueira Campos</strong></u><br />
<br />
&quot;Nos anos de 45 e 46, como office boy de Luiz Carlos Prestes, convivi com Oscar Niemeyer, um homem s&aacute;bio, que primava pela simplicidade, sentimento humanit&aacute;rio e de solidariedade como poucos. Seus ensinamentos deram direcionamento &agrave; minha vida. Ao Brasil e ao mundo, deixa um legado magn&iacute;fico com seu trabalho, as suas obras belas e funcionais que influenciaram e revolucionaram a arquitetura e o paisagismo no planeta…<br />
<br />
Ao Tocantins, deixou sua marca, uma obra de arte que orgulha todo o povo:&nbsp; o Memorial Coluna Prestes, que ele cedeu a Palmas e ao Estado, um magn&iacute;fico presente a esta capital.<br />
<br />
Coloco-me de luto como se fosse algu&eacute;m da pr&oacute;pria fam&iacute;lia. O Tocantins, de luto, reverencia a obra deste grande homem, do grande ser humano e artista esplendoroso chamado Oscar Niemeyer.&quot; (Secom)</span></div>

Comentários pelo Facebook: