Sobral – 300×100
Seet

Ex-presidente da Câmara de Augustinópolis é morto esfaqueado durante festa

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O ex-vereador de Augustin&oacute;polis (TO), Francisco Martins de Almeida, 41 anos, conhecido como Mazim, foi assassinado na madrugada de domingo (20) em uma seresta no Assentamento Solid&aacute;rio.<br />
<br />
Segundo informa&ccedil;&otilde;es, o ex-vereador teria se desentendido com um homem conhecido como Neg&atilde;o logo no in&iacute;cio da festa. A confus&atilde;o acabou numa briga por volta de 1 hora da madrugada, quando o pai do autor feriu Mazim no t&oacute;rax com uma faca. O ex-parlamentar chegou a ser socorrido e levado para o hospital em Araguatins, mas j&aacute; chegou sem vida. Conforme os moradores do assentamento, a v&iacute;tima e autor teriam neg&oacute;cios juntos relacionados &agrave; cria&ccedil;&atilde;o de gado.<br />
<br />
Mazim do A&ccedil;ougue, como foi registrado na elei&ccedil;&atilde;o de 2008, foi eleito pelo PT com 328 votos e em seguida eleito presidente da C&acirc;mara Municipal. Com o afastamento do prefeito Ant&ocirc;nio do Bar, logo no in&iacute;cio do mandato, Mazim assumiu interinamente a chefia do Poder Executivo at&eacute; as elei&ccedil;&otilde;es suplementares. Durante o mandato parlamentar foi expulso do PT e, sem partido, n&atilde;o foi candidato em 2012.<br />
<br />
O ex-vereador deixa esposa e v&aacute;rios filhos, com diversas mulheres.<br />
<br />
Segundo o Jornal Voz do Bico, Mazim tamb&eacute;m deixou um longo hist&oacute;rico de brigas e confus&otilde;es registradas em v&aacute;rias delegacias da regi&atilde;o, chegando inclusive a ser acusado de receptador de motos roubadas e tendo sua pris&atilde;o preventiva decretada.</span>

Comentários pelo Facebook: