Seet
Sobral – 300×100

Greve: Colações de grau são garantidas na UFT, mas aulas são suspensas em quatro câmpus

admin -

<span style="font-size:14px;">O primeiro semestre letivo de 2014, que havia iniciado nesta ter&ccedil;a-feira (22 de abril), est&aacute; suspenso nos c&acirc;mpus de Aragua&iacute;na, Gurupi, Palmas e Porto Nacional da Universidade Federal do Tocantins (UFT) pelo menos at&eacute; a pr&oacute;xima reuni&atilde;o do Conselho Universit&aacute;rio (Consuni), prevista para o in&iacute;cio do m&ecirc;s de maio. O motivo &eacute; a greve dos t&eacute;cnicos-administrativos iniciada no dia 24 de mar&ccedil;o. A decis&atilde;o foi tomada nesta quarta-feira (23) pelo Consuni na reabertura da sess&atilde;o extraordin&aacute;ria que come&ccedil;ou um dia antes.<br />
<br />
Nos c&acirc;mpus de Arraias, Miracema e Tocantin&oacute;polis, onde as matr&iacute;culas foram realizadas, as aulas seguem normalmente para alunos calouros e veteranos. Est&aacute; mantido, inclusive, o in&iacute;cio das aulas para os alunos do novo curso de Educa&ccedil;&atilde;o do Campo, marcado para o dia 3 de maio em Arraias e 7 de maio em Tocantin&oacute;polis.<br />
<br />
Os t&eacute;cnicos-administrativos se propuseram a apresentar para o Conselho, at&eacute; o dia 30 de abril, um plano de trabalho para a realiza&ccedil;&atilde;o de matr&iacute;culas dos calouros e ajustes dos veteranos ainda n&atilde;o efetuadas.<br />
<br />
Com rela&ccedil;&atilde;o &agrave;s formaturas, os t&eacute;cnicos-administrativos reafirmaram que a greve continua, mas se comprometeram a flexibilizar a paralisa&ccedil;&atilde;o e a realizar todos os procedimentos acad&ecirc;micos necess&aacute;rios para as cola&ccedil;&otilde;es de grau previstas das turmas de concluintes do segundo semestre letivo de 2013.</span>

Comentários pelo Facebook: