Seet
Sobral – 300×100

PR declara apoio a Sandoval Cardoso na eleição indireta; 'mudança abrupta nos cargos pode gerar instabilidade', diz

admin -

<span style="font-size:14px;">O Partido da Rep&uacute;blica (PR) no Estado do Tocantins declarou apoio ao governador interino Sandoval Cardoso (SD), na elei&ccedil;&atilde;o indireta para Governador do Estado, que acontecer&aacute; no dia 04 de maio, no plen&aacute;rio da Assembleia Legislativa, em Palmas.<br />
<br />
No Legislativo Estadual, o partido possui dois deputados estaduais: Luana Ribeiro e Jos&eacute; Bonif&aacute;cio. Ambos apoiaram a decis&atilde;o, segundo nota do PR.&nbsp;<br />
<br />
Para o presidente regional do partido no Tocantins, Ronaldo Dimas, o apoio visa a manuten&ccedil;&atilde;o da governabilidade do Estado. <em>&ldquo;Pensamos no impacto que uma mudan&ccedil;a trar&aacute; para o Estado e acreditamos na manuten&ccedil;&atilde;o da governabilidade do Tocantins. Temos o apoio dos nossos deputados estaduais nessa decis&atilde;o, pois uma vez que ocorre alguma mudan&ccedil;a brusca na administra&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, faltando apenas oito meses para o final da gest&atilde;o, podemos nos deparar com danos e degastes desnecess&aacute;rios</em>&rdquo;, afirmou.<br />
<br />
Al&eacute;m do curto per&iacute;odo de 8 meses do mandato tamp&atilde;o, a decis&atilde;o do PR se deu tamb&eacute;m em raz&atilde;o da necessidade de dar sequ&ecirc;ncia a programas importantes e rec&eacute;m iniciados pelo Governo do Estado do Tocantins.<br />
<br />
Para os membros do partido, Sandoval demonstrou probidade e possui a experi&ecirc;ncia adquirida &agrave; frente da Assembleia Legislativa, al&eacute;m da participa&ccedil;&atilde;o ativa na gest&atilde;o Siqueira Campos como titular da Secretaria das Cidades e agora como governador interino.<br />
<br />
O PR ressalta tamb&eacute;m que a substitui&ccedil;&atilde;o abrupta nos cargos diretivos da administra&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica estadual poderia gerar uma instabilidade no Estado.<br />
<br />
A elei&ccedil;&atilde;o acontecer&aacute; no pr&oacute;ximo domingo (4 de maio).</span>

Comentários pelo Facebook: