Sobral – 300×100
Seet

Luana Ribeiro participa da inauguração do Instituto Paulo Ricardo, em Colinas

admin -

<span style="font-size:14px;">Solid&aacute;ria &agrave; fam&iacute;lia do professor Paulo Ricardo Almeida, morto de forma violenta h&aacute; um ano em Colinas, a deputada estadual Luana Ribeiro (PR) participou da inaugura&ccedil;&atilde;o do Instituto Paulo Ricardo, na cidade. O evento foi realizado no final de semana e contou com a presen&ccedil;a de autoridades, amigos, familiares e pessoas que conviveram com o professor, al&eacute;m da sociedade colinense.<br />
<br />
&ldquo;Paulo Ricardo tinha uma vida de alegria e faz muita falta para n&oacute;s. Mas hoje a dor nos chama &agrave; responsabilidade. O trabalho que ele fez estar&aacute; vivo, vamos dar continuidade a ele com muito amor&rdquo;, disse Luana em um discurso emocionado.<br />
<br />
Paulo Ricardo era filho da ex-vice-prefeita e vereadora de Colinas Raimunda Almeida de Sousa. Depois da perda, a vereadora decidiu abrir o Instituto para ajudar as pessoas da comunidade, com trabalho social. &ldquo;Falo como m&atilde;e, n&atilde;o queria homenagear meu filho desta forma, mas preciso continuar a fazer o que ele sempre fez: ajudar as pessoas, principalmente os menos favorecidos&rdquo;, destacou.<br />
<br />
A primeira-dama do Estado, Marcela Cardoso, tamb&eacute;m falou da transforma&ccedil;&atilde;o da dor em amor, numa obra como o Instituto Paulo Ricardo.&nbsp; &ldquo;Mesmo num momento de dor surge uma obra como esta. Por isso estou aqui, em nome do governador Sandoval, para dar o nosso abra&ccedil;o&rdquo;, disse.<br />
<br />
<u><strong>Conv&ecirc;nio com a APAE&nbsp;</strong></u>&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
Ainda em Colinas, a deputada Luana Ribeiro foi testemunha da assinatura de conv&ecirc;nio entre a Associa&ccedil;&atilde;o de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Colinas e o Governo do Estado para instala&ccedil;&atilde;o de um centro de reabilita&ccedil;&atilde;o no munic&iacute;pio. De acordo com a superintendente da APAE em Colinas, Joana Margarida Borges, o conv&ecirc;nio &eacute; nacional e contempla&nbsp; 37 unidades no Brasil. &quot;Colinas &eacute; a &uacute;nica do Estado a receber os recursos&quot;, destacou.<br />
<br />
Segundo a superintendente, a cl&iacute;nica j&aacute; est&aacute; montada e conta com profissionais capacitados, a exemplo de fonoaudi&oacute;logos, psic&oacute;logos, para atender &agrave; popula&ccedil;&atilde;o.</span>

Comentários pelo Facebook: