Seet
Sobral – 300×100

Wiston diz que não perdeu eleição do Sisepe no voto; 'na truculência e métodos antidemocráticos'

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O candidato a presidente do Sindicato dos Servidores P&uacute;blicos do Tocantins, Wiston Gomes, derrotado pelo atual presidente Cleiton Pinheiro com uma diferen&ccedil;a de 135 votos, divulgou carta agradecendo os 988 votos recebidos e criticando o processo eleitoral.<br />
<br />
<em>&ldquo;Agradecemos os 623 expressivos votos que recebemos na Capital; os 99 votos na regional de Porto Nacional, de grande import&acirc;ncia; os 158 votos fundamentais na regional de Aragua&iacute;na; os 62 votos important&iacute;ssimos na regional de Gurupi e os 46 votos especiais na regional de Taguatinga</em>&rdquo;, diz a carta.<br />
<br />
Conforme Wiston Gomes, ficou claro que sua chapa n&atilde;o perdeu no voto e &ldquo;sim na trucul&ecirc;ncia de uma gest&atilde;o&rdquo;. <em>&ldquo;Perdemos para um estatuto ultrapassado e omisso que o atual gestor colocou debaixo do bra&ccedil;o e, com seus m&eacute;todos antidemocr&aacute;ticos, n&atilde;o permite alter&aacute;-lo. Perdemos para uma estrutura log&iacute;stica que &eacute; sustentada por n&oacute;s mesmos e usada conforme o interesse do atual gestor (candidato). E perdemos tamb&eacute;m para o recurso financeiro que em toda campanha tem sido determinante&rdquo;</em>, criticou.<br />
<br />
Para o candidato derrotado, o Sisepe n&atilde;o saiu fortalecido como deveria, devido aos m&eacute;todos usados por Cleiton Pinheiro para vencer as elei&ccedil;&otilde;es. <em>&ldquo;Isso nos preocupa, pois a institui&ccedil;&atilde;o deveria vir em primeiro lugar e n&atilde;o a vaidade de uma pessoa. Mas fomos vitoriosos sim porque trouxemos a conhecimento as feridas do nosso sindicato, feridas essas que a partir de agora j&aacute; se transformam em um c&acirc;ncer&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Wiston Gomes garantiu que o Movimento pela Moraliza&ccedil;&atilde;o e Democratiza&ccedil;&atilde;o do Sisepe (MMDS) continuar&aacute; atuante. <em>&ldquo;Sabemos que teremos muito trabalho, pois j&aacute; conhecemos todos que comp&otilde;em a chapa advers&aacute;ria. Vamos seguir vigilantes quanto &agrave;s a&ccedil;&otilde;es de nosso sindicato, buscando de fato a moraliza&ccedil;&atilde;o e a democratiza&ccedil;&atilde;o de nossa entidade&rdquo;</em>, finalizou Gomes.</span>

Comentários pelo Facebook: