Seet
Sobral – 300×100

Deputado propõe Anteprojeto de Lei que pode dobrar salários na Polícia Militar e Bombeiros

admin -

<span style="font-size:14px;">O deputado estadual Sargento Arag&atilde;o (Pros) apresentou, na manh&atilde; desta ter&ccedil;a-feira (29) dois anteprojetos de leis que pedem o realinhamento e o reescalonamentos dos cargos das carreiras da Pol&iacute;cia Militar e Bombeiros Militares do Tocantins.<br />
<br />
Segundo o parlamentar, os anteprojetos visam o reajuste dos subs&iacute;dos dos policiais e bombeiros do Tocantins ativos, inativos e pensionistas, absorvendo os exerc&iacute;cios de 2014, 2015, 2016 e de 2017.<br />
<br />
Conforme justificativa do deputado Sargento Arag&atilde;o, o per&iacute;odo de abrang&ecirc;ncia da vig&ecirc;ncia definido como inaplic&aacute;vel, na realidade &eacute; perfeitamente legal. &quot;Ainda est&aacute; fora do per&iacute;odo em que ainda n&atilde;o existe nenhuma candidatura homologada, o que s&oacute; ocorrer&aacute; a partir de junho com as conven&ccedil;&otilde;es partid&aacute;rias&quot;, afirmou o parlamentar.<br />
<br />
Por outro lado, Arag&atilde;o afirmou que a Pol&iacute;cia Militar de Goi&aacute;s &eacute; coirm&atilde; da Pol&iacute;cia Militar do Tocantins. Essa, j&aacute; tem aprovada em 1&ordm; turno de vota&ccedil;&atilde;o na Assembleia Legislativa de Goi&aacute;s, a expressiva reposi&ccedil;&atilde;o e reajuste salarial. &quot;Isso deixa os integrantes da Pol&iacute;cia Militar e do Corpo de Bombeiros apreensivos, uma vez que o seu grosso efetivo pioneiro, daquela origin&aacute;ria, tem se acreditado a n&atilde;o dela se ver inferiorizado&quot;, justificou Arag&atilde;o.<br />
<br />
<u><strong>Como ficaria</strong></u><br />
<br />
I – 25,87% ( vinte e cinco inteiros e oitenta cent&eacute;simos por cento), em junho de 2014;<br />
<br />
II – 21,74% (vinte e um inteiros e setenta e quatro cent&eacute;simos por cento), em dezembro de 2014;<br />
<br />
III – 14,89% (quatorze inteiros e oitenta e nove cent&eacute;simos por cento), em janeiro de<br />
2015;<br />
<br />
IV – 12,32 (doze inteiros e trinta e dois cent&eacute;simos por cento), em janeiro de 2016;<br />
<br />
V – 12,33 (doze inteiros e trinta e tr&ecirc;s cent&eacute;simos por cento), em janeiro de 2017.<br />
<br />
Art. 2&ordm; Os dispostos no art. 1&ordm; e seus incisos se aplica aos inativos e pensionistas do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins e na Pol&iacute;cia Militar do Tocantins;<br />
<br />
Art. 3&ordm; Fica mantido o escalonamento do anexo &uacute;nico &agrave; lei n&ordm; 2.235, de 3 de dezembro de 2009, em que o maior sal&aacute;rio dos bombeiros militares n&atilde;o pode perceber mais do que 4,2 vezes o menor o valor.<br />
<br />
<u><strong>Tabela de valores<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/pm.jpg" style="width: 614px; height: 502px;" /></strong></u></span><br />

Comentários pelo Facebook: