Seet
Sobral – 300×100

PT diz que nenhum filiado tem legitimidade para discutir composição com Sandoval

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Foi cogitado que o Partido dos Trabalhadores (PT) poderia aderir ao projeto do Pal&aacute;cio Araguaia na elei&ccedil;&atilde;o indireta para governador do Tocantins, que acontecer&aacute; no domingo (4 de maio). Por meio de nota, a dire&ccedil;&atilde;o estadual do PT garantiu que &ldquo;n&atilde;o participar&aacute; e n&atilde;o votar&aacute; na chapa do governador em exerc&iacute;cio Sandoval Cardoso&rdquo;.<br />
<br />
O partido reafirmou a candidatura do ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mour&atilde;o, a governador. O nome de Mour&atilde;o foi apresentado no dia 05 de abril de 2014, em Manifesto ao Povo Tocantinense aprovado pelo Diret&oacute;rio Estadual do PT e homologada em conven&ccedil;&atilde;o realizada no dia 25 de abril de 2014.<br />
<br />
Conforme j&aacute; divulgado no Manifesto, a &quot;candidatura de Paulo Mour&atilde;o &agrave;s elei&ccedil;&otilde;es indiretas na Assembleia Legislativa &eacute; para assegurar que haja um debate qualificado com a sociedade&rdquo;. O PT disse tamb&eacute;m que &eacute; uma necessidade de &ldquo;romper com esse modelo de pol&iacute;tica atrasada, que envergonha o Estado, denunciando as mazelas e a falta de compromisso em enfrentar e solucionar os problemas vivenciados pela nossa gente&quot;.<br />
<br />
O presidente J&uacute;lio C&eacute;sar reafirmou que todas as defini&ccedil;&otilde;es partid&aacute;rias foram debatidas e aprovadas com dirigentes e milit&acirc;ncia. <em>&ldquo;Nenhum filiado tem legitimidade para debater composi&ccedil;&atilde;o nestas elei&ccedil;&otilde;es indiretas em nome do Partido dos Trabalhadores</em>&rdquo;, finalizou J&uacute;lio C&eacute;sar.</span>

Comentários pelo Facebook: