Sobral – 300×100
Seet

Dois Homens são encontrados mortos dentro de um quarto de motel

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Dois homens foram encontrados mortos neste domingo dentro de um motel em Tocantin&oacute;polis. Por volta das 22 horas, o propriet&aacute;rio do estabelecimento desconfiou da tranquilidade no quarto e das liga&ccedil;&otilde;es que n&atilde;o eram atendidas, e acionou a pol&iacute;cia militar que arrombou a porta.<br />
<br />
Um dos corpos tinha em torno de quatro&nbsp;perfura&ccedil;&otilde;es de faca e o outro foi morto com um tiro abaixo do queixo que saiu na cabe&ccedil;a.</span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;">As vitimas, Tomaz Noleto Neto e Jo&atilde;o Luiz Costa Barros de 45 anos. Os dois moravam na cidade de Balsas-MA.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Segundo informa&ccedil;&otilde;es, os dois chegaram ao motel por volta das 12h20min ainda de S&aacute;bado (08), para ficar at&eacute; Domingo (9).&nbsp; Ainda conforme informa&ccedil;&otilde;es, Jo&atilde;o Luiz fez quest&atilde;o de explicar que n&atilde;o havia relacionamento &iacute;ntimo entre eles, afirmando que eram casados e estavam na cidade somente para se divertir.<br />
<br />
Conforme o funcion&aacute;rio, era por volta de tr&ecirc;s horas da manh&atilde; do domingo quando os dois retornaram ao quarto. Jo&atilde;o Luiz estaria visivelmente embriagado, e Tomaz, o motorista, mais s&oacute;brio.<br />
<br />
Por volta do meio dia do Domingo (9), o funcion&aacute;rio disse que bateu na porta porque o hor&aacute;rio combinado estava se esgotando, mas, o ar condicionado continuava ligado desde a madrugada e ningu&eacute;m respondeu. Como eles haviam chegado aparentando estarem embriagados deixou do jeito que estava imaginando que os dois estariam de ressaca.<br />
<br />
No domingo, a PM, ao arrebentar a porta, que s&oacute; &eacute; trancada por dentro, encontrou os dois corpos. Jo&atilde;o Luiz estava deitado no ch&atilde;o ao lado da cama vestido de cueca com uma marca de tiro no queixo que saiu na parte de cima da cabe&ccedil;a, com o revolver no peito ainda com o dedo no gatilho. J&aacute; Tomaz se encontrava deitado na cama quase sem roupa, apenas enrolado em uma toalha com perfura&ccedil;&otilde;es no corpo, uma na cabe&ccedil;a, uma na nuca, outra na regi&atilde;o do abd&ocirc;men, e uma nas costelas.<br />
<br />
Os dois corpos foram periciados e liberado nesta segunda-feira, 10, aos familiares que vieram da cidade de Balsas, o irm&atilde;o de Jo&atilde;o Luiz e a esposa de Tomaz que se tornou a s&eacute;tima v&iacute;tima de homic&iacute;dio deste ano em Tocantin&oacute;polis. <em>(Com informa&ccedil;&otilde;es do site TocNot&iacute;cias)</em></span></div>

Comentários pelo Facebook: