Seet
Sobral – 300×100

José Sarney voltará a assumir a Presidência da República após 22 anos

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">O presidente do Senado, Jos&eacute; Sarney (PMDB-AP), assumir&aacute; a partir desta quinta-feira (13) a presid&ecirc;ncia interina do pa&iacute;s. Quarto na linha sucess&oacute;ria, Sarney voltar&aacute; ao posto ocupado por ele 22 anos atr&aacute;s devido a viagens internacionais da presidente Dilma Rousseff, do vice-presidente, Michel Temer, e do presidente da C&acirc;mara, Marco Maia (PT-RS). Ele fica no cargo at&eacute; s&aacute;bado (15), quando Dilma retorna ao Brasil.<br />
<br />
Nesta ter&ccedil;a, Sarney disse que n&atilde;o tem planos para o per&iacute;odo em que ser&aacute; presidente em exerc&iacute;cio. &quot;Eu apenas vou cumprir uma exig&ecirc;ncia constitucional, que diz que quando o presidente, o vice-presidente e o presidente da C&acirc;mara est&atilde;o ausentes, assume o presidente do Senado. Mas &eacute; uma coisa de rotina&quot;, afirmou.<br />
<br />
Sarney disse ainda que n&atilde;o se sente voltando &agrave; Presid&ecirc;ncia. &quot;Eu me sinto j&aacute; tendo sa&iacute;do da Presid&ecirc;ncia&quot;, afirmou.<br />
<br />
Dilma est&aacute; em viagem oficial &agrave; Fran&ccedil;a desde domingo (9). De l&aacute;, ela seguir&aacute; para Moscou, na R&uacute;ssia, e s&oacute; dever&aacute; retornar ao Brasil no s&aacute;bado (15), segundo informou assessoria do Planalto.<br />
<br />
O vice-presidente, Michel Temer, embarcar&aacute; nesta quarta-feira (12) &agrave; noite para Lisboa, onde participa das comemora&ccedil;&otilde;es do ano do Brasil em Portugal. Ele tem audi&ecirc;ncia na sexta-feira (14) com o presidente An&iacute;bal Cavaco Silva, e encontro com empres&aacute;rios e parlamentares portugueses, segundo assessoria da vice-presid&ecirc;ncia.<br />
<br />
Temer e Dilma poder&atilde;o se encontrar em Lisboa no s&aacute;bado, porque a presidente dever&aacute; fazer uma escala em Portugal antes do retorno ao Brasil, informou a assessoria de Temer.<br />
<br />
Com Dilma e Temer fora do pa&iacute;s, quem assumiria o cargo m&aacute;ximo da Rep&uacute;blica seria o presidente da C&acirc;mara, Marco Maia, mas ele viajar&aacute; na quinta-feira (13) para o Panam&aacute;, onde participa de uma reuni&atilde;o do Parlamento do Mercosul. O retorno de Maia est&aacute; previsto para a noite de domingo, segundo informou sua assessoria.<br />
<br />
Jos&eacute; Sarney, portanto, ficar&aacute; na presid&ecirc;ncia a partir do momento em que Maia deixar o territ&oacute;rio brasileiro, nesta quinta-feira pela manh&atilde;, at&eacute; o retorno da presidente Dilma, no s&aacute;bado.<br />
<br />
<u><strong>Governo Sarney</strong></u><br />
<br />
O maranhense Jos&eacute; Sarney, 82 anos, tomou posse na Presid&ecirc;ncia da Rep&uacute;blica em 1985. Ele assumiu ap&oacute;s a morte, em abril, de Tancredo Neves que fora eleito presidente pelo PMDB. &Agrave; &eacute;poca, Sarney foi lan&ccedil;ado vice pela Frente Liberal, remanescente da Arena, para captar apoio governista.<br />
<br />
Foi o primeiro governo civil ap&oacute;s o regime militar de 1964. Tamb&eacute;m durante o mandato, em 1986, foram realizadas as elei&ccedil;&otilde;es para a Assembleia Nacional Constituinte, que promulgou a atual Constitui&ccedil;&atilde;o Brasileira em 1988.<br />
<br />
Na economia, o per&iacute;odo foi marcado por alta infla&ccedil;&atilde;o e recess&atilde;o econ&ocirc;mica. Sucessivos planos n&atilde;o conseguiram conter a alta de pre&ccedil;os, que chegou a 1.973% em 1989 (em 2011, foi de 6,5%). Ao final do mandato, Sarney suspendeu o pagamento da d&iacute;vida externa. Em 1990, Collor assume e, para tentar consertar a economia, decreta confisco das poupan&ccedil;as.<br />
<br />
Ap&oacute;s deixar a Presid&ecirc;ncia, Sarney elegeu-se senador tr&ecirc;s vezes consecutivas, tendo sido eleito presidente do Senado por quatro vezes.</span></div>

Comentários pelo Facebook: