Sobral – 300×100
Seet

PT repudia declarações de Célio Moura sobre negociata "debaixo dos panos"

admin -

<span style="font-size:14px;">O Partido dos Trabalhadores se manifestou repudiando as declara&ccedil;&otilde;es do advogado e membro da Executiva Estadual, C&eacute;lio Moura. Conforme o presidente do PT, o militante, de forma desrespeitosa, desconsidera as decis&otilde;es tomadas no Encontro de Estrat&eacute;gia e T&aacute;tica Eleitoral, realizado no s&aacute;bado, dia 31 de maio de 2014.<br />
<br />
Segundo Moura, o partido fez o encontro para &quot;dizer que n&atilde;o tem candidato&quot; e j&aacute; estaria negociando com o PMDB &ldquo;debaixo dos panos&rdquo;. Conforme o presidente J&uacute;lio C&eacute;sar, diferentemente, a postura do PT com o PMDB, e com os demais candidatos, est&aacute; se dando de forma transparente e em conformidade com as resolu&ccedil;&otilde;es do partido.<br />
<br />
Ainda segundo o presidente, a falta de sintonia de C&eacute;lio Moura com a base do PT e com o seu papel de dirigente da Executiva Estadual, que ele desqualifica, &eacute; tamanha, que ele desconsidera a Resolu&ccedil;&atilde;o de T&aacute;tica Eleitoral e Pol&iacute;tica de Alian&ccedil;as aprovada no final de semana que diz de forma incisiva e &ldquo;n&atilde;o debaixo dos panos&rdquo;, que o PT manter&aacute; &ldquo;o di&aacute;logo com as pr&eacute;-candidaturas de Marcelo Miranda (PMDB), de Marcelo Lelis (PV) e do Senador Ata&iacute;des Oliveira (PROS), para a constru&ccedil;&atilde;o da melhor alternativa para a reelei&ccedil;&atilde;o da Presidenta Dilma Rousseff (PT)&rdquo;.<br />
<br />
Para J&uacute;lio C&eacute;sar, a candidatura de Milne Freitas ao Senado Federal, militante do Partido dos Trabalhadores h&aacute; mais de 30 anos, traduz a vontade da milit&acirc;ncia de ter um candidato org&acirc;nico e presente na vida partid&aacute;ria, &ldquo;ao contr&aacute;rio, de quem sequer aparece nas atividades partid&aacute;rias para defender suas posi&ccedil;&otilde;es pol&iacute;ticas&rdquo;.<br />
<br />
<em>&ldquo;Estamos honrados de ter o companheiro Freitas representando o partido, ele tem mantido a coer&ecirc;ncia ideol&oacute;gica e n&atilde;o tem fugido &agrave; luta em defesa dos trabalhadores, al&eacute;m de n&atilde;o utilizar-se de correspondentes nas plen&aacute;rias do Partido para defender seus ide&aacute;rios&rdquo;</em>, finalizou J&uacute;lio C&eacute;sar, em resposta a C&eacute;lio Moura.</span>

Comentários pelo Facebook: