Seet
Sobral – 300×100

Polícia Civil investiga morte de empresário em Araguaína

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">A Pol&iacute;cia Civil, por interm&eacute;dio da 2&ordf; Delegacia de Aragua&iacute;na, deu inicio as investiga&ccedil;&otilde;es com o objetivo de localizar e prender o mais rapidamente poss&iacute;vel, o homem acusado de assassinar a queima roupa o comerciante Wagner Carlos Santana Milhomem, 44 anos, na manh&atilde; desta quinta-feira, 13, na regi&atilde;o central daquele munic&iacute;pio.<br />
<br />
De acordo com informa&ccedil;&otilde;es da Delegada Regional Dra. Ver&ocirc;nica Tereza Carvalho Costa, o crime aconteceu por volta das 10h da manh&atilde; quando Wagner falava ao celular enquanto descia do banco do passageiro de um ve&iacute;culo, que havia parado no estacionamento de uma loja de equipamentos para carros, localizada no centro da cidade. Nesse momento, segundo informa&ccedil;&otilde;es de testemunhas, um homem de estatura mediana e pele escura se aproximou do comerciante alvejando-o com um tiro na cabe&ccedil;a.<br />
<br />
Em seguida, j&aacute; com a v&iacute;tima ca&iacute;da ao ch&atilde;o, o assassino efetuou mais tr&ecirc;s disparos que atingiram a cabe&ccedil;a e as costas de Wagner, o que ocasionou sua morte de forma instant&acirc;nea. Dados preliminares levantados pela equipe da per&iacute;cia que esteve no local apontam que os disparos provavelmente partiram de uma pistola calibre 380. Segundo informa&ccedil;&otilde;es da PC, Wagner Santana atuava em v&aacute;rios ramos de com&eacute;rcio que abrangiam a compra e venda de pe&ccedil;as automotivas, empr&eacute;stimos, dentre outros.<br />
<br />
Ainda segundo informa&ccedil;&otilde;es da Delegada, t&atilde;o logo a Pol&iacute;cia Civil foi informada do acontecido, as investiga&ccedil;&otilde;es e diligencias tiveram in&iacute;cio e todos os esfor&ccedil;os est&atilde;o sendo empreendidos no intuito de prender o homicida o mais breve poss&iacute;vel. O caso est&aacute; sendo investigado pela equipe do Delegado Dr. Manoel Laeldo, do 2&ordm; DP.</span></div>

Comentários pelo Facebook: