Sobral – 300×100
Seet

Primeiro Bazar das reeducandas de Babaçulândia terá estande na Expoara

admin -

<span style="font-size:14px;">A primeira exposi&ccedil;&atilde;o das pe&ccedil;as de artesanato confeccionadas pelas reeducandas da Cadeia P&uacute;blica de Baba&ccedil;ul&acirc;ndia ser&aacute; realizada na Expoara &ndash; Exposi&ccedil;&atilde;o Agropecu&aacute;ria de Aragua&iacute;na. A partir de parceria com o Sebrae, que realiza no evento a IX Semana Tecnol&oacute;gica, os produtos estar&atilde;o &agrave; venda at&eacute; domingo, 15, no estande da Feira de Artesanato. A Feira funciona das 17h at&eacute; meia-noite.&nbsp;&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
Os tapetes produzidos pelas reeducandas t&ecirc;m variedade de cores, tamanhos e modelagem e poder&atilde;o ser adquiridos a partir do valor de R$10,00. Produtos mais trabalhados est&atilde;o sendo ofertados por cerca de R$180,00.&nbsp;<br />
<br />
As artes&atilde;s ter&atilde;o oportunidade de vender grande quantidade dos produtos durante Rodada de Neg&oacute;cios que acontece no s&aacute;bado, 14, &agrave;s 14h, nas instala&ccedil;&otilde;es do Sebrae. A Rodada de Neg&oacute;cios &eacute; um espa&ccedil;o para que as empresas negociem seus produtos e servi&ccedil;os e estabele&ccedil;am novas parcerias.<br />
<br />
<u><strong>Bazar</strong></u><br />
<br />
As pe&ccedil;as de artesanato est&atilde;o em exposi&ccedil;&atilde;o atrav&eacute;s do Bazar Tr&ecirc;s Pontos – projeto da Defensoria P&uacute;blica baseado nos pilares trabalho, liberdade e gera&ccedil;&atilde;o de renda.&nbsp; Inicialmente desenvolvido na Unidade Prisional Feminina de Palmas, o projeto foi estendido &agrave; Cadeia P&uacute;blica de Baba&ccedil;ul&acirc;ndia, que conta atualmente com 30 detentas.<br />
<br />
Os resultados positivos do Bazar em Palmas estimularam a equipe multidisciplinar da Defensoria P&uacute;blica em Aragua&iacute;na a implantar o projeto na comunidade carcer&aacute;ria local, com o objetivo de fortalecer a produ&ccedil;&atilde;o que j&aacute; existe &ndash; realizada por 15 mulheres que confeccionam tapetes de croch&ecirc;.</span>

Comentários pelo Facebook: