Sobral – 300×100
Seet

Após reunião com sindicatos, Mascarenhas vai discutir com governador retorno das 6 horas

admin -

<span style="font-size:14px;">O secret&aacute;rio da Administra&ccedil;&atilde;o, L&uacute;cio Mascarenhas, recebeu na manh&atilde; desta quinta-feira (12) o presidente do Sindicato dos Servidores P&uacute;blicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO), Cleiton Pinheiro, do Sintras, Manoel Miranda e do Conselho Regional de Servi&ccedil;o Social (CRESS), Jurimar Mendes Lima Junior, acompanhado de outros integrantes do CRESS para discutir a jornada de trabalho dos assistentes sociais e tamb&eacute;m dos demais servidores.<br />
<br />
Durante a reuni&atilde;o o secret&aacute;rio assumiu o compromisso de levar as reivindica&ccedil;&otilde;es das entidades para o governador Sandoval Cardoso. L&uacute;cio Mascarenhas afirmou que vai despachar com o governador ap&oacute;s o dia 20 deste m&ecirc;s para tratar da jornada de trabalho de todos os servidores e n&atilde;o de uma categoria espec&iacute;fica.<br />
<br />
O presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro argumentou que a redu&ccedil;&atilde;o da jornada de trabalho traz ganhos para toda a sociedade, uma vez que melhora a produtividade do servidor, melhoria o seu conv&iacute;vio social e familiar. &ldquo;O Governador sabe destes benef&iacute;cios e pode ser organizar no sentido de ter dois turnos de trabalho de 06 horas ao inv&eacute;s de dois turnos de 4 horas&rdquo;, defende Cleiton Pinheiro.<br />
<br />
A Jornada de trabalho de 06 horas di&aacute;rias tem apoio da esmagadora maioria dos servidores p&uacute;blicos, conforme pesquisa feita atrav&eacute;s do site do SISEPE-TO, cujos dados j&aacute; foram repassados ao governo.</span>

Comentários pelo Facebook: