Seet
Sobral – 300×100

Preso mais um acusado do sequestro de familiares de gerente do BB de Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">Na noite de s&aacute;bado, 21, Policiais Militares de Aragua&iacute;na (TO) cumpriram mandado de pris&atilde;o tempor&aacute;ria em desfavor de William Castro Ara&uacute;jo Aguiar, de 24 anos. Ele &eacute; acusado de ser um dos participantes do sequestro da fam&iacute;lia de um dos gerentes do Banco do Brasil de Aragua&iacute;na.<br />
<br />
O crime de extors&atilde;o mediante sequestro ocorreu no dia 16 de abril de 2014 quando os criminosos fizeram a fam&iacute;lia de um dos gerentes do Banco do Brasil de Aragua&iacute;na ref&eacute;m, fugindo levando meio milh&atilde;o de reais.<br />
<br />
<u><strong>A pris&atilde;o do acusado</strong></u><br />
<br />
No s&aacute;bado, a guarni&ccedil;&atilde;o da Pol&iacute;cia Militar de Jacil&acirc;ndia foi acionada para atender uma ocorr&ecirc;ncia na Rua Araguaia pr&oacute;ximo ao Posto de Sa&uacute;de na cidade de Jacil&acirc;ndia-TO, onde, segundo testemunhas, havia dois homens armados, sendo um deles foragido da Justi&ccedil;a.<br />
<br />
Ap&oacute;s constatar a veracidade das informa&ccedil;&otilde;es repassadas aos militares, a viatura se deslocou para o local juntamente com uma equipe de Carmol&acirc;ndia e outra equipe do 2&ordm; BPM (Intelig&ecirc;ncia). Chegando ao local, os policiais localizaram William sentado com as testemunhas em uma mesa, e ao perceber a presen&ccedil;a da pol&iacute;cia saiu correndo, adentrando ao bar, por&eacute;m, se deparou com militares que estava dentro do estabelecimento, os quais efetuaram a deten&ccedil;&atilde;o do foragido e, leram o Mandado de Pris&atilde;o em seu desfavor.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/mater(1).jpg" style="width: 228px; height: 150px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Durante busca pessoal, foi localizado com o envolvido R$ 1.336,25 (hum mil trezentos e trinta e seis reais e vinte e cinco centavos) em esp&eacute;cie, 02 cart&otilde;es de Banco, sendo um da Caixa Econ&ocirc;mica e o outro do Ita&uacute;, 01 aparelho celular Sansung, modelo Gal&aacute;xi S4, al&eacute;m de uma folha de cheque assinada em nome de terceiro no valor de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais).</span>

Comentários pelo Facebook: