Marcelo comenta sobre candidatura de Elenil e afirma que “ele está consciente de que a situação será resolvida”

admin -

<span style="font-size:14px;">O candidato a governador do Tocantins pelo PMDB, Marcelo Miranda, comentou sobre a candidatura do araguainense Elenil da Penha, a deputado estadual, e garantiu que n&atilde;o existe nenhum problema com ele. <em>&ldquo;Ontem eu falei com ele, n&oacute;s n&atilde;o temos nenhum problema. Ele solicitou o seu registro e ele est&aacute; consciente de que a situa&ccedil;&atilde;o ser&aacute; resolvida&rdquo;</em>, declarou Marcelo Miranda ao T1 Not&iacute;cias, na manh&atilde; desta ter&ccedil;a-feira (2).<br />
<br />
A candidatura de Elenil est&aacute; na indefini&ccedil;&atilde;o em raz&atilde;o de ter sido inscrito na chapa encabe&ccedil;ada pelo deputado federal Junior Coimbra, mas que n&atilde;o obteve nenhum voto na conven&ccedil;&atilde;o v&aacute;lida do PMDB. Com isso, Elenil ficaria fora da disputa eleitoral de outubro. A conven&ccedil;&atilde;o aconteceu no s&aacute;bado (28 de junho) e escolheu por unanimidade a chapa de Marcelo e K&aacute;tia Abreu.<br />
<br />
De acordo com Marcelo Miranda, os deputados que estavam na chapa dos &ldquo;Aut&ecirc;nticos&rdquo; foram homologados na conven&ccedil;&atilde;o v&aacute;lida, <em>&ldquo;mas isso n&atilde;o quer dizer que n&atilde;o haja espa&ccedil;o para negocia&ccedil;&atilde;o. Os deputados de l&aacute; [de Coimbra] tamb&eacute;m ter&atilde;o chance</em>&rdquo;, garantiu.<br />
<br />
Marcelo Miranda ainda declarou que o grupo est&aacute; trabalhando para resolver a quest&atilde;o da composi&ccedil;&atilde;o das chapas. <em>&ldquo;Tivemos duas chapas, a de l&aacute; [Junior Coimbra] e a nossa, e alguns membros do Coimbra se inscrevam na nossa. Isso n&atilde;o quer dizer que as portas est&atilde;o fechadas. Estamos trabalhando para resolver&rdquo;.&nbsp;</em><br />
<br />
Elenil j&aacute; foi vereador em Aragua&iacute;na por quatro mandatos, presidente da C&acirc;mara por tr&ecirc;s vezes consecutivas e obteve 10.736 votos nas elei&ccedil;&otilde;es de 2010, ficando como terceiro suplente. Atualmente exercia o cargo de secret&aacute;rio Municipal de Habita&ccedil;&atilde;o, mas afastou-se no prazo legal para disputar as elei&ccedil;&otilde;es deste ano.<br />
<br />
A comiss&atilde;o interventora, presidida pelo senador Waldemir Moka (Mato Grosso do Sul), homologou apenas as candidaturas de Osvaldo Reis, Leomar Quintanilha, Dulce Miranda, Josi Nunes e Carlos Gaguim para deputado federal, e outros 28 nomes a deputado estadual. <em>(Com informa&ccedil;&otilde;es do T1 Not&iacute;cias)</em></span>

Comentários pelo Facebook: