Insatisfeito com rumos do partido, Paulo Sidnei anuncia desfiliação do PPS e declara apoio a Miranda

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
Ex-prefeito de Aragua&iacute;na, ex-deputado e ex-vice-governador do Tocantins. Paulo Sidnei Antunes recebeu em sua resid&ecirc;ncia na manh&atilde; desta quinta-feira (03) o comunicador Arnaldo Filho onde anunciou, com exclusividade ao Portal AF Not&iacute;cias, algumas decis&otilde;es pol&iacute;ticas.<br />
<br />
Com mais de 30 anos de vida p&uacute;blica, e mais de 10 anos como um dos principais membros do PPS (Partido Popular Socialista), Paulo Sidnei anunciou sua desfilia&ccedil;&atilde;o em raz&atilde;o do posicionamento adotado pelo partido, que j&aacute; declarou apoio &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o do siqueirista Sandoval Cardoso. &nbsp;<em>&ldquo;A minha posi&ccedil;&atilde;o &eacute; clara, eu n&atilde;o alio com as for&ccedil;as que governam o Estado. S&oacute; tive dois partidos na minha vida, fui PMDB por 30 anos e deixei h&aacute; 11 anos porque, naquela &eacute;poca, o partido fez um movimento de vincula&ccedil;&atilde;o com o Pal&aacute;cio Araguaia. Eu sa&iacute; e fui para o PPS. Agora estou saindo novamente pelo mesmo motivo&rdquo;</em>, explicou.<br />
<br />
Para o ex-vice-governador, no Tocantins sempre houve partidos que pensam diferente do grupo que domina o Estado h&aacute; muito tempo, s&oacute; que nesses &uacute;ltimos quatro anos, os partidos que tradicionalmente foram oposi&ccedil;&atilde;o &agrave; antiga UT [Uni&atilde;o do Tocantins] desviaram o rumo.<br />
<br />
Paulo Sidnei tamb&eacute;m anunciou que &ldquo;vai pedir voto e ajudar no que puder&rdquo; o candidato Marcelo Miranda (PMDB). J&aacute; sobre os planos para o futuro na pol&iacute;tica, o ex-vice-governador relevou que est&aacute; muito decepcionado com o andamento da vida p&uacute;blica brasileira, em especial do Tocantins. Afirmou ainda que o povo est&aacute; cansado de promessas e criticou a pol&iacute;tica suja da compra de votos, fazendo ainda um alerta para que o eleitor fa&ccedil;a sua escolha observando a &ldquo;honestidade e compet&ecirc;ncia&rdquo; do candidato.<br />
<br />
<u><strong><span style="color:#0000cd;">Confira:</span></strong></u><br />
<br />
<strong>O senhor que j&aacute; foi prefeito, deputado e vice-governador parece n&atilde;o ter participado ultimamente do debate pol&iacute;tico no Estado. O que tem acontecido?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>&Eacute; a vida. A vida que me empurrou para o ostracismo pol&iacute;tico, mas participo como cidad&atilde;o. Sou pol&iacute;tico nato, gosto e nunca neguei, mas est&aacute; dif&iacute;cil fazer pol&iacute;tica no clima que a coisa andou no Brasil. A legisla&ccedil;&atilde;o eleitoral, no meu ponto de vista, est&aacute; arcaica e &eacute; por isso que se permite todas essas mazelas na pol&iacute;tica, especialmente do Tocantins e por isso que estou afastado.</em><br />
<br />
<strong>Como o senhor avalia a pol&iacute;tica tocantinense, em especial o epis&oacute;dio da ren&uacute;ncia recente do governador e vice do Estado?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidne</u>i &ndash; <em>Faz tempo que esse processo est&aacute; assim. Eu diria que a ren&uacute;ncia do governador e vice foi uma fase desse processo todo, que eu n&atilde;o sei se concluiu ainda ou n&atilde;o. &Eacute; triste ver isso! &Eacute; triste ver o destino dos partidos pol&iacute;ticos no Tocantins. Qual &eacute; a identidade ideol&oacute;gica dos partidos? O que os partidos defendem? Quais s&atilde;o as causas? Os interesses da sociedade est&atilde;o inclu&iacute;dos nessas causas? A grande pergunta &eacute; essa: A quem est&aacute; servindo as decis&otilde;es da imensa maioria dos partidos? Aqui sempre teve duas posi&ccedil;&otilde;es pol&iacute;ticas no Tocantins. H&aacute; um tempo se fala em terceira via, mas ela ainda n&atilde;o vingou, no entanto, sempre houve partidos que pensam diferente do grupo que domina o Tocantins h&aacute; muito tempo, s&oacute; que agora, nesses &uacute;ltimos quatro anos, os partidos que tradicionalmente foram oposi&ccedil;&atilde;o &agrave; antiga UT [Uni&atilde;o do Tocantins] foram adquiridos, desviaram o rumo. Partidos que historicamente s&atilde;o oposi&ccedil;&atilde;o ao grupo de Siqueira, o que aconteceu com eles? A sociedade precisa ter uma radiografia mais clara disso, infelizmente n&atilde;o vejo isso colocado com todas as letras na imprensa. A troco de que eles foram para o lado do Governo? Felizmente nem todos foram, h&aacute; pessoas que tem posi&ccedil;&otilde;es ideol&oacute;gicas, tem causas e tem uns que se vendem. Estamos numa crise &eacute;tica. A m&iacute;dia deve ter um compromisso com os fatos, vamos colocar o dedo na ferida.</em><br />
<br />
<strong>O partido o qual o senhor pertence tamb&eacute;m vinha trabalhando para lan&ccedil;ar candidato pr&oacute;prio ao Governo, mas de &uacute;ltima hora declarou apoio a Sandoval Cardoso…</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> – <em>N&atilde;o foi de &uacute;ltima hora! J&aacute; faz tempo. S&oacute; tive dois partidos na minha vida, fui PMDB por 30 anos e deixei h&aacute; 11 anos porque, naquela &eacute;poca, o partido fez um movimento de vincula&ccedil;&atilde;o com o Pal&aacute;cio Araguaia. Eu sa&iacute; e fui para o PPS. Agora estou saindo novamente pelo mesmo motivo. H&aacute; um grupo que resiste a isso dentro do partido, mas infelizmente ficou minorit&aacute;rio. Para se ter ideia, a dire&ccedil;&atilde;o estadual dissolveu todos os diret&oacute;rios municipais. Quando um partido transforma os diret&oacute;rios em comiss&otilde;es provis&oacute;rias, significa que voc&ecirc; bota na sua m&atilde;o todo o poder. Tentamos politicamente mostrar que o caminho n&atilde;o era esse. Historicamente n&atilde;o &eacute; esse, mas infelizmente n&atilde;o foi poss&iacute;vel e ai inviabilizou muita gente, inclusive a mim. Eu n&atilde;o sou candidato de mim mesmo, n&atilde;o quero arrumar um bom emprego que &eacute; ser deputado, n&atilde;o &eacute; isso. Atr&aacute;s disso tem uma causa, n&atilde;o &eacute; de qualquer jeito. Numa democracia &eacute; preciso ter governo e oposi&ccedil;&atilde;o. Algu&eacute;m tem que acompanhar, fiscalizar e questionar. N&atilde;o precisa brigar, xingar ou desrespeitar ningu&eacute;m. H&aacute; pessoas que s&oacute; se entendem dentro do Governo. Porque ser&aacute;? Ser&aacute; porque l&aacute; n&atilde;o faz frio? Porque l&aacute; n&atilde;o chove? N&atilde;o, n&atilde;o &eacute; por isso. &Eacute; por outras coisas…</em><br />
<br />
<strong>Ent&atilde;o sua decis&atilde;o de deixar o PPS &eacute; pela falta de posicionamento do partido na pol&iacute;tica estadual?</strong><br />
<br />
<u><img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/CAM00250.jpg" style="width: 300px; height: 246px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Paulo Sidne</u>i &ndash; <em>N&atilde;o! N&atilde;o &eacute; pela falta de posicionamento, mas pelo posicionamento que tomou. Na reuni&atilde;o que discutimos isso, h&aacute; uns 30 ou 40 dias, eu disse que queria uma defini&ccedil;&atilde;o ali. Eu disse: Respeito a posi&ccedil;&atilde;o de voc&ecirc;s, mas joga limpo. A minha posi&ccedil;&atilde;o &eacute; clara, eu n&atilde;o alio com as for&ccedil;as que governam Estado. N&atilde;o s&atilde;o inimigos pessoais, tenho respeito por eles, mas temos posi&ccedil;&otilde;es ideol&oacute;gicas contr&aacute;rias. Se v&atilde;o ficar com o governo digam, sejam sinceros, n&atilde;o deixem para o dia da conven&ccedil;&atilde;o. Joguem um jogo aberto, s&oacute; quero isso por que eu tamb&eacute;m tenho envolvimento na coisa, eu tamb&eacute;m quero ser candidato.</em><br />
<br />
<strong>Ent&atilde;o isso fez o senhor desistir de uma candidatura para deputado estadual?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>Mas como vou ser candidato? Vou ser candidato no partido que est&aacute; coligado com meu advers&aacute;rio? Vou subir no palanque dele ou vou mentir pra quem: pra ele ou para o povo? Eu n&atilde;o sei fazer isso. Por isso estou pedindo minha desfilia&ccedil;&atilde;o do PPS, partido que respeito, onde tenho grandes amigos no plano nacional e estadual. S&oacute; houve uma discrep&acirc;ncia de rumo.</em><br />
<br />
<strong>J&aacute; tem outro partido em vista?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>N&atilde;o, n&atilde;o, n&atilde;o… Nem quero pensar nisso agora. &nbsp;Estou desfilando, agradecendo a todos os companheiros do PPS, sem exce&ccedil;&atilde;o. Quero agradecer por 11 anos de conviv&ecirc;ncia. Eu lavarei uma lembran&ccedil;a muito boa e respeito muito grande pelo partido.</em><br />
<br />
<strong>Quem o senhor apoia para governador do Tocantins?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>Eu apoio a candidatura de Marcelo Miranda. De que jeito n&atilde;o sei ainda. Vou ajudar no que eu puder. A gente &eacute; pequeno, nem candidato eu sou, mas aqueles amigos que conhe&ccedil;o vou pedir voto para Marcelo Miranda. Por quest&atilde;o pessoal e amizade, eu apoio Beto Lima para deputado federal.</em><br />
<br />
<strong>O senhor tem pretens&otilde;es pol&iacute;ticas para o futuro?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>Eu gosto de pol&iacute;tica, mas estou decepcionado com o andamento da vida p&uacute;blica brasileira. Eu n&atilde;o vou fazer compromisso porque depois se tiver que mudar eu mudo. Vou dar tempo ao tempo. Estou muito jovem ainda. Hoje estou meio desencantado de pol&iacute;tica pelo que estou vendo no Brasil, em especial no Tocantins.</em><br />
<br />
<strong>O povo tocantinense est&aacute; tendo o respaldo necess&aacute;rio do Governo do Estado em obras e servi&ccedil;os?</strong><br />
<br />
<u><img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Paulo.jpg" style="width: 300px; height: 252px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>Como est&aacute; a sa&uacute;de p&uacute;blica? A escola p&uacute;blica? A Seguran&ccedil;a P&uacute;blica? Como est&atilde;o as a&ccedil;&otilde;es de governo e as obras? Tem muitas obras ai espalhadas pelo Tocantins? N&atilde;o! Essa &eacute; a concep&ccedil;&atilde;o que as pessoas t&ecirc;m. O povo n&atilde;o &eacute; bobo, &eacute; s&aacute;bio. As vezes a pessoa n&atilde;o tem diploma de doutor, mas sabedoria todo mundo tem. Na &eacute;poca da campanha &eacute; muita festa, vai at&eacute; em casa levar uma cesta b&aacute;sica, mas o povo est&aacute; cansado disso, de promessas. Hoje eu n&atilde;o concordo com quase tudo que vejo na vida p&uacute;blica. &nbsp;Tem erros de origem. Hoje se a pessoa tiver dinheiro &eacute; meio caminho andado para ser eleito. E os que n&atilde;o podem gastar, como faz, eles n&atilde;o podem representar nosso povo? E os que est&atilde;o no partido onde a c&uacute;pula ajeitou, conchavou com esse ou com aquele governo? &Eacute; bom que as pessoas pensem tamb&eacute;m, n&atilde;o &eacute; dar a resposta pronta.</em><br />
<br />
<strong>A&ccedil;&otilde;es e obras do Governo em Aragua&iacute;na…</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> – <em>Estou vendo agora esses meses, n&atilde;o sei se &eacute; coincid&ecirc;ncia da data pr&eacute;-eleitoral, chegando umas obras que estou satisfeito. Chegou tarde, deveria ter sido o ano passado. Aragua&iacute;na j&aacute; foi o maior col&eacute;gio eleitoral do Estado e teve a maior arrecada&ccedil;&atilde;o de ICMS, hoje &eacute; a segunda. Eu sempre defendi Aragua&iacute;na quando fui deputado e vice-governador. Precisamos mais do que comumente estamos tendo e hoje parece que temos muito menos. Aragua&iacute;na contribui muito mais e recebe muito menos. &nbsp;</em><br />
<br />
<strong>Qual sua avalia da gest&atilde;o do prefeito Ronaldo Dimas?</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>Eu votei no Ronaldo. N&oacute;s temos posi&ccedil;&otilde;es pol&iacute;ticas divergentes. Eu disse que votaria nele porque achava ele mais preparado para governar do que a outra candidata. E disse a ele que esperava uma boa gest&atilde;o, mas acho que ainda est&aacute; faltando muita coisa. N&atilde;o gostei da quest&atilde;o do IPTU, faltou sensibilidade e est&aacute; faltando aten&ccedil;&atilde;o nas quest&otilde;es sociais. Estou ouvindo ele falar que vai fazer as grandes obras, mas n&atilde;o s&atilde;o somente elas, tem a sa&uacute;de, educa&ccedil;&atilde;o, tem que cuidar do IMPAR (Instituto Municipal de Previd&ecirc;ncia) que &eacute; um patrim&ocirc;nio dos funcion&aacute;rios p&uacute;blico que n&oacute;s criamos. Eu tor&ccedil;o para que d&ecirc; certo. Eu votei no Ronaldo por ser araguainense, por amar essa terra e acreditar que ele era mais capaz de fazer. Espero que ele honre o que falou.</em><br />
<br />
<strong>Considera&ccedil;&otilde;es finais</strong><br />
<br />
<u>Paulo Sidnei</u> &ndash; <em>Aconselho o povo a abrir os olhos e os ouvidos. Agora &eacute; a hora do povo participar do processo decisivamente. Agora &eacute; a hora de colocar o dedo para mudar ou continuar do jeito que estar. Eu vivi 30 anos na vida p&uacute;blica e vi muitas coisas, mas eu nunca vi um pol&iacute;tico daqueles que compra votos vender o seu patrim&ocirc;nio, eu n&atilde;o sei de onde aparece esse dinheiro. Que o povo fique alerta, sobretudo o mais simples que as vezes se ilude. E s&atilde;o justamente os mais humildes que sofrem com a aus&ecirc;ncia de governo. Duas coisas s&atilde;o fundamentais para quem vai administrar o que &eacute; p&uacute;blico e representar o povo: honestidade e compet&ecirc;ncia. &nbsp;Se preocupe com isso eleitor, esque&ccedil;a quest&atilde;o partid&aacute;ria, at&eacute; porque partido acabou. Abra os olhos e ouvidos e veja quem tem compet&ecirc;ncia para o cargo que est&aacute; se candidatando. Veja quem tem hist&oacute;ria e o resto entrega na m&atilde;o de Deus.</em></span><br />

Comentários pelo Facebook: