Grande parte dos novos policias vão ficar em Araguaína, garante Comandante da PM à Aciara

admin -

<span style="font-size:14px;">No &uacute;ltimo dia 3 de julho, 77 novos soldados da Pol&iacute;cia Militar formaram-se para fortalecer o efetivo policial em Aragua&iacute;na e regi&atilde;o. A previs&atilde;o, segundo a corpora&ccedil;&atilde;o, &eacute; que os soldados iniciem os trabalhos j&aacute; na primeira quinzena deste m&ecirc;s. Presente na cerim&ocirc;nia de formatura, a Associa&ccedil;&atilde;o Comercial e Industrial de Aragua&iacute;na &ndash; ACIARA, representada pelo presidente Manoel de Assis e pelo diretor Dearley Kuhn, presidente das C&eacute;lulas Comunit&aacute;rias de Seguran&ccedil;a, v&ecirc; com otimismo os rumos da seguran&ccedil;a p&uacute;blica na cidade. <em>&ldquo;Tivemos a garantia do comandante que grande parte destes policiais ficar&aacute; em Aragua&iacute;na, onde a demanda &eacute; maior. Esse momento &eacute; importante porque atende uma das principais reivindica&ccedil;&otilde;es da nossa classe junto com a sociedade&rdquo;,</em> informou Dearley.<br />
<br />
Para o presidente Manoel, al&eacute;m do refor&ccedil;o policial, &eacute; preciso que a comunidade colabore com os trabalhos da corpora&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;J&aacute; estamos vendo resultados imediatos com soldados em grupos ao longo das &aacute;reas comerciais, circulando a p&eacute; e trazendo mais sensa&ccedil;&atilde;o de seguran&ccedil;a para todos. E n&oacute;s temos que fazer nossa parte com den&uacute;ncias e acreditando no trabalho destes soldados&rdquo;</em>, pontua Manoel.<br />
<br />
Em v&aacute;rias oportunidades, a ACIARA apresentou pautas de reivindica&ccedil;&otilde;es &agrave; Prefeitura de Aragua&iacute;na e ao Governo Estado onde constavam, entre outros pontos, mais investimentos na seguran&ccedil;a p&uacute;blica. Os comerciantes s&atilde;o os principais alvos da criminalidade. <em>&ldquo;Agora continuaremos nossa luta pelo refor&ccedil;o policial nas entradas da cidade, reativa&ccedil;&atilde;o das C&eacute;lulas Comunit&aacute;rias e a implanta&ccedil;&atilde;o do sistema de monitoramento na cidade&rdquo;</em>, lembrou o presidente.</span>

Comentários pelo Facebook: