Ex-jogador do Araguaína e sua família morrem carbonizados em incêndio de caminhões na BR 153

admin -

<span style="font-size:14px;">O ex-jogador do Tour&atilde;o do Norte, Aragua&iacute;na FR, Hilasmar Fernandes Lima, de 32 anos, conhecido como Lisboa, morreu carbonizado no acidente que aconteceu na noite deste domingo (13), onde quatro caminh&otilde;es foram incendiados ap&oacute;s uma batida, no Km 649 da BR-153, entre as cidades de Gurupi e Alian&ccedil;a do Tocantins.<br />
<br />
A batida envolveu tamb&eacute;m um carro de passeio. Segundo a Pol&iacute;cia Rodovi&aacute;ria Federal (PRF), quatro pessoas morreram e quatro ficaram feridas.<br />
<br />
Junto com o ex-jogador viajavam tamb&eacute;m sua esposa, Lidilene Maria de Brito, de 27 anos, a filha Maria Fernanda Fernandes, de 9 meses, e a enteada Maria Eduarda Brito, de 5 anos.&nbsp;<br />
<br />
Lisboa jogou no time profissional de Aragua&iacute;na entre 1994 e 2010. Ele trabalhava como caminhoneiro para uma transportadora de Aragua&iacute;na. O ex-jogador iria levar uma carga at&eacute; Goi&acirc;nia. A fam&iacute;lia iria aproveitar as f&eacute;rias das crian&ccedil;as para tamb&eacute;m conhecer a cidade.<br />
<br />
<u><strong>Entenda</strong></u><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/img-20140714-wa0013-300×225.jpg" style="width: 300px; height: 225px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" /></span><span style="font-size:14px;">De acordo com a PRF, as colis&otilde;es do tipo lateral e traseira envolveram sete ve&iacute;culos e foram seguidas de engavetamento, explos&atilde;o e inc&ecirc;ndio. O choque inicial foi entre dois caminh&otilde;es que bateram de frente e que seguiam em sentidos opostos.<br />
<br />
Na sequ&ecirc;ncia, outros dois caminh&otilde;es, que seguiam sentido Norte/Sul, n&atilde;o foram freados a tempo e bateram nas laterais e traseiras dos dois caminh&otilde;es que ficaram atravessados na pista, interditando o tr&acirc;nsito. Ap&oacute;s os choques sequenciais, houve uma explos&atilde;o e os quatro ve&iacute;culos de carga pegaram fogo. Em um deles estava a fam&iacute;lia do caminhoneiro Hilasmar Fernandes e sua fam&iacute;lia. Eles morreram na hora e tiveram os corpos carbonizados.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Quatro viaturas de combate a inc&ecirc;ndio e salvamento dos Bombeiros foram empregadas no socorro. Mais de 20 mil litros de &aacute;gua foram utilizados para combater as chamas. S&oacute; o acostamento da BR foi liberado pela PRF para tr&acirc;nsito ap&oacute;s o acidente. O tr&aacute;fego s&oacute; foi permitido por completo ontem no fim da tarde.&nbsp;</span><span style="font-size:14px;"><em>(Com informa&ccedil;&otilde;es do G1 Tocantins)</em></span>

Comentários pelo Facebook: