Sobral – 300×100
Seet

Tocantins gerou 5 mil novos empregos em 2014; construção civil lidera contratações

admin -

<span style="font-size:14px;">Os &uacute;ltimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referente a junho de 2014, revelam que no primeiro semestre de 2014, foram gerados 4.996 empregos com carteira assinada no Tocantins. Um crescimento de 3,04% em rela&ccedil;&atilde;o ao estoque de dezembro de 2013. O setor da Constru&ccedil;&atilde;o Civil foi o grande respons&aacute;vel pelas novas contrata&ccedil;&otilde;es (2.382), seguido pelos setores de Servi&ccedil;os (1.552), Ind&uacute;stria de Transforma&ccedil;&atilde;o (858) e Agropecu&aacute;ria (541). J&aacute; o setor de Com&eacute;rcio (-405) foi o que mais demitiu.<br />
<br />
Avaliando apenas o m&ecirc;s de junho observa-se a cria&ccedil;&atilde;o de 545 empregos, um aumento de 0,33% em rela&ccedil;&atilde;o ao m&ecirc;s anterior. Este dado tamb&eacute;m &eacute; resultado do crescimento no setor da Constru&ccedil;&atilde;o Civil (678), em contrapartida os setores de Servi&ccedil;os (-97), Agropecu&aacute;ria (-38), Com&eacute;rcio (-20) e Servi&ccedil;os de Industriais de Utilidade P&uacute;blica (-17) apresentaram um desempenho negativo.<br />
<br />
O desenvolvimento do Estado se traduz em oportunidade para jovens como Feliciano Moraes, 25, que conseguiu emprego como pedreiro por meio da intermedia&ccedil;&atilde;o do Sistema Nacional de Emprego (Sine). Mesmo sem uma qualifica&ccedil;&atilde;o formal, Feliciano afirma que n&atilde;o faltam vagas nessa &aacute;rea: <em>&ldquo;Eu aprendi a trabalhar na pr&aacute;tica, observando, comecei como ajudante de obra, mas hoje j&aacute; trabalho como carpinteiro e pedreiro&rdquo;</em>. Declara o jovem.<br />
<br />
<u><strong>Desempenho Regi&atilde;o Norte</strong></u><br />
<br />
Ao comparar o desempenho do Tocantins com a regi&atilde;o Norte o crescimento do Estado se torna ainda mais expressivo. A expans&atilde;o do emprego na regi&atilde;o Norte foi de apenas 0,82% mediante a cria&ccedil;&atilde;o de 15.534 vagas. E o desempenho da Tocantins foi determinante para que o saldo regional fosse positivo com a cria&ccedil;&atilde;o de 4.996 vagas.<br />
<br />
No Norte, a expans&atilde;o foi de 15.534 postos, resultado do aumento do emprego em cinco estados: Par&aacute; (15.406), Tocantins (4.996), Rond&ocirc;nia (1.288), Roraima (1.286) e Acre (621). E diminui&ccedil;&atilde;o nos estados do Amazonas (-5.715) e Amap&aacute; (-2.348).</span>

Comentários pelo Facebook: