Desentendimento entre Ataídes e Divino Bethânia não favorece a nenhum dos dois candidatos

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
O candidato a governador do Estado pelo PROS, Ata&iacute;des Oliveira, n&atilde;o est&aacute; afinado no discurso nem mesmo com seus aliados pol&iacute;ticos. A semana passada, no epis&oacute;dio envolvendo o vereador de Aragua&iacute;na, Divino Beth&acirc;nia Junior, mostrou um pouco mais da personalidade deste senador que j&aacute; criou muita pol&ecirc;mica com suas falas.<br />
<br />
Os primeiros passos de Ata&iacute;des na pol&iacute;tica foram marcados por discursos inflamados e causas um tanto quanto delicadas, como as v&aacute;rias den&uacute;ncias contra o Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Sebrae). Na &eacute;poca chegou a defender uma auditoria em todas as entidades e afirmou que o Sistema S&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">poderia ser considerado &quot;o maior esquema de corrup&ccedil;&atilde;o envolvendo dinheiro p&uacute;blico na hist&oacute;ria recente do Brasil&quot;</span><span style="font-size:14px;">. Ata&iacute;des tamb&eacute;m j&aacute; afirmou que na pol&iacute;tica tocantinense s&oacute; tem corruptos.<br />
<br />
Recentemente, outra briga do senador foi para tentar se posicionar como a &ldquo;verdadeira oposi&ccedil;&atilde;o&rdquo; entre as oposi&ccedil;&otilde;es, desqualificando os demais grupos sob o argumento de que eles s&atilde;o frutos de um mesmo processo e ainda mant&eacute;m as velhas pr&aacute;ticas.&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
Na semana passada o desentendimento foi com um dos principais candidatos de sua coliga&ccedil;&atilde;o. Ata&iacute;des insinuou na imprensa que Beth&acirc;nia Junior estaria no seu grupo apenas por dinheiro. A resposta veio no mesmo tom: &ldquo;N&atilde;o estou &agrave; venda!&rdquo;, disse o vereador.<br />
<br />
A rela&ccedil;&atilde;o entre o senador e o vereador de Aragua&iacute;na come&ccedil;ou no ano passado. Sem grupo pol&iacute;tico no segundo maior col&eacute;gio eleitoral do Estado, Ata&iacute;des viu em Divino Beth&acirc;nia, o segundo vereador mais votado da cidade, a oportunidade de construir uma base forte de apoio. Com isso Beth&acirc;nia assumiu a presid&ecirc;ncia do PROS Municipal em um evento que reuniu centenas de pessoas. Na ocasi&atilde;o Ata&iacute;des estampou sua imagem em faixas com o dizer: &ldquo;Aragua&iacute;na tem senador&rdquo;. A afirma&ccedil;&atilde;o era uma tentativa de dar resposta a um movimento que cobrava a vaga da cidade no Senado Federal logo ap&oacute;s a morte de Jo&atilde;o Ribeiro.<br />
<br />
Agora, com a briga, a situa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o fica boa para nenhum dos dois. Ata&iacute;des perde seu &uacute;nico candidato a deputado da regi&atilde;o norte do Estado que &eacute; tamb&eacute;m um dos que t&ecirc;m chances reais de ser eleito na Coliga&ccedil;&atilde;o, juntamente com o deputado Eli Borges. Divino Beth&acirc;nia tamb&eacute;m fica em situa&ccedil;&atilde;o complicada, sem palanque e com uma longa campanha pela frente.</span>

Comentários pelo Facebook: