Arrecadação de impostos federais chegou a R$ 91,3 bilhões em junho

admin -

<span style="font-size:14px;">A arrecada&ccedil;&atilde;o de impostos e contribui&ccedil;&otilde;es federais chegou a R$ 91,387 bilh&otilde;es no m&ecirc;s de junho, em termos nominais. O valor representa alta de 0,13% em compara&ccedil;&atilde;o ao mesmo per&iacute;odo do ano passado, j&aacute; corrigida pelo &Iacute;ndice de Pre&ccedil;os ao Consumidor Amplo (IPCA). Os n&uacute;meros foram divulgados nesta quarta-feira (23) em Bras&iacute;lia.<br />
<br />
Nos primeiros seis meses do ano, a arrecada&ccedil;&atilde;o ficou em R$ 578,594 bilh&otilde;es &ndash; crescimento real de 0,28% em rela&ccedil;&atilde;o ao mesmo per&iacute;odo de 2013. Segundo a Receita Federal, esse aumento n&atilde;o foi maior devido &agrave; arrecada&ccedil;&atilde;o extraordin&aacute;ria, em maio de 2013, do Imposto de Renda Pessoa Jur&iacute;dica (IRPJ), da Contribui&ccedil;&atilde;o Social sobre o Lucro L&iacute;quido (CSLL) e do PIS/Cofins, que chegou a R$ 4 bilh&otilde;es &ndash; o que n&atilde;o ocorreu este ano. Essa arrecada&ccedil;&atilde;o extra &eacute; resultado de dep&oacute;sito judicial e venda de participa&ccedil;&atilde;o societ&aacute;ria.<br />
<br />
Pesaram ainda no resultado as redu&ccedil;&otilde;es de impostos para estimular o setor produtivo diante da crise iniciada em 2008. Entre as iniciativas est&atilde;o a desonera&ccedil;&atilde;o da folha de pagamento, da cesta b&aacute;sica e redu&ccedil;&atilde;o no Imposto sobre Circula&ccedil;&atilde;o de Mercadorias e Servi&ccedil;os (ICMS) na base de c&aacute;lculo de PIS/Cofins-Importa&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
Houve ainda queda na produ&ccedil;&atilde;o industrial e tamb&eacute;m do valor em d&oacute;lar das exporta&ccedil;&otilde;es. Por outro lado, registrou-se a melhora nas vendas de bens e servi&ccedil;os e na massa salarial. (Ag&ecirc;ncia Brasil)</span>

Comentários pelo Facebook: