Representantes da Secretaria de Educação de Araguaína participam de encontro do Unicef

admin -

<span style="font-size:14px;">Representantes da Secretaria Municipal de Educa&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na (TO) estiveram presentes no Encontro de Dirigentes Municipais de Educa&ccedil;&atilde;o (Undime), realizado no Fundo das Na&ccedil;&otilde;es Unidas para Inf&acirc;ncia (Unicef). O evento aconteceu na tarde da &uacute;ltima ter&ccedil;a-feira, dia 22 de julho, na sede da entidade em Bras&iacute;lia (DF), onde foram debatidos temas voltados para educa&ccedil;&atilde;o, dentre os quais o Educamazonas, um projeto que tem como base a qualidade do ensino nas escolas p&uacute;blicas circunscritas &agrave; regi&atilde;o da Amaz&ocirc;nia Legal.<br />
<br />
Como representante do munic&iacute;pio na reuni&atilde;o, o secret&aacute;rio da pasta, professor Jocirley de Oliveira participou ativamente das discuss&otilde;es, destacando a import&acirc;ncia no desenvolvimento de novas pol&iacute;ticas p&uacute;blicas educacionais para os munic&iacute;pios. No dia 25 de junho deste ano, a Prefeitura de Aragua&iacute;na realizou uma audi&ecirc;ncia p&uacute;blica onde foi discutido com a popula&ccedil;&atilde;o os benef&iacute;cios do munic&iacute;pio aderir ao Selo Unicef.<br />
<br />
<u><strong>Investimentos</strong></u><br />
<br />
Para o secret&aacute;rio, as tem&aacute;ticas do encontro traduzem a necessidade de avan&ccedil;o do ensino nacional. O secret&aacute;rio, que tamb&eacute;m &eacute; Presidente da Uni&atilde;o dos Dirigentes Municipais de Educa&ccedil;&atilde;o (Undime-TO), destacou algumas dificuldades encontradas em gerenciar a educa&ccedil;&atilde;o, principalmente em munic&iacute;pios de m&eacute;dio e pequeno porte. <em>&ldquo;N&atilde;o &eacute; f&aacute;cil promover uma educa&ccedil;&atilde;o de qualidade sem investimento, sem parcerias. Em Aragua&iacute;na, temos avan&ccedil;ado gra&ccedil;as ao investimento feito pelo atual prefeito e pelo comprometimento de nossa equipe&rdquo;</em>, lembrou o secret&aacute;rio.</span>

Comentários pelo Facebook: