Seet
Sobral – 300×100

Imagem impactante mostra paciente tomando soro deitado no chão de corredor do Hospital Regional

admin - - 671 views

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
Novas imagens encaminhadas ao <strong><em>AF Not&iacute;cias</em></strong> revelam a dimens&atilde;o da crise que assola o sistema de sa&uacute;de p&uacute;blico do Tocantins. N&atilde;o bastasse o constante desabastecimento de insumos e medicamentos na rede hospitalar, a superlota&ccedil;&atilde;o &eacute; outra vertente desse caos.<br />
<br />
No Hospital Regional de Aragua&iacute;na (HRA), o maior e o principal da regi&atilde;o norte do Estado, de 60 a 100 pacientes ficam todos os dias acomodados em cadeiras, macas e at&eacute; no ch&atilde;o dos corredores da unidade. Essa &eacute; uma realidade j&aacute; conhecida h&aacute; anos, mas que sempre assusta e causa indigna&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
Esta semana, um internauta encaminhou &agrave; reportagem imagem que mostra um paciente deitado no ch&atilde;o de um corredor do HRA . Ele est&aacute; tomando soro e ainda sem camisa, exposto a risco de contrair infec&ccedil;&otilde;es. Logo a frente h&aacute; uma fila de pessoas, muitas em macas. Essas cenas s&atilde;o presenciadas diariamente pelos servidores da unidade.<br />
<br />
No ano passado, a ent&atilde;o secret&aacute;ria de Sa&uacute;de, Vanda Paiva, anunciou a transfer&ecirc;ncia do Setor Administrativo para um im&oacute;vel alugado para ampliar o n&uacute;mero de leitos em 65. Essa seria uma medida urgente e paliativa para amenizar o problema da superlota&ccedil;&atilde;o. A solu&ccedil;&atilde;o definitiva s&oacute; vir&aacute; com a constru&ccedil;&atilde;o do Hospital Geral de Aragua&iacute;na (HGA). Acontece que a simples obra de amplia&ccedil;&atilde;o do HRA j&aacute; se arrastam h&aacute; quase um ano.<br />
<br />
J&aacute; em 2014, o <strong><em>AF</em></strong> mostrou tamb&eacute;m foto de pacientes da ala psiqui&aacute;trica dormindo no corredor da unidade.</span>

Comentários pelo Facebook: