Calçadas recebem obras para acessibilidade no centro de Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">Com o objetivo oferecer acessibilidade, al&eacute;m de melhorar o dia a dia dos pedestres araguainenses e dar um novo formato &agrave; paisagem urbana, o projeto de reestrutura&ccedil;&atilde;o das cal&ccedil;adas de Aragua&iacute;na est&aacute; tomando corpo. Os trabalhos iniciaram na segunda quinzena do m&ecirc;s de junho e faz as adequa&ccedil;&otilde;es no cal&ccedil;amento no centro comercial da cidade, entre o setores Entroncamento e Centro com a aplica&ccedil;&atilde;o de bloquetes de concreto intertravados e p&oacute; de brita.<br />
<br />
O cal&ccedil;amento &eacute; uniforme, com 2,5m de extens&atilde;o. Em alguns pontos, embora a prioridade sejam os pedestres, as cal&ccedil;adas ter&atilde;o baias para estacionamento de carros e motos, sendo 83 vagas para carro e 89 para motos. Idosos e deficientes tamb&eacute;m ter&atilde;o sete vagas reservadas, cada.<br />
<br />
De acordo com a Secretaria da Infraestrutura, a obra foi dividida em trechos e os 15 quarteir&otilde;es foram enumerados para facilitar o trabalho da empresa licitada para execu&ccedil;&atilde;o da obra. Em v&aacute;rios trechos do Setor Entroncamento as obras j&aacute; foram conclu&iacute;das. A previs&atilde;o para conclus&atilde;o total da obra &eacute; at&eacute; o in&iacute;cio de 2015, onde ser&atilde;o 1,5 km de cal&ccedil;adas reformadas e com acessibilidade. As &aacute;rvores que ficam localizadas nas cal&ccedil;adas tamb&eacute;m ser&atilde;o mantidas e preservadas, ap&oacute;s a avalia&ccedil;&atilde;o de risco que ser&aacute; realizada pelos engenheiros.<br />
<br />
<u><strong>Satisfa&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Os problemas das cal&ccedil;adas irregulares nos passeios p&uacute;blicos prejudicavam h&aacute; muito tempo quem passava diariamente no trecho. Terezinha Nunes vende diariamente espetinho na cal&ccedil;ada pr&oacute;ximo ao antigo &ldquo;&Eacute; pra J&aacute;&rdquo;. <em>&ldquo;A obra deu outro visual e nem se compara aquele visual velho que tinha aqui&rdquo;</em>, disse ela, observando os blocos na frente do seu estabelecimento.<br />
<br />
Quem tamb&eacute;m est&aacute; satisfeito com a obra realizado pela prefeitura &eacute; o pedreiro Sebasti&atilde;o Rodrigues. <em>&ldquo;Cheguei aqui em 1968, na &eacute;poca s&oacute; tinha o Bairro JK e o povoado se chamava Lontra. Hoje eu tenho orgulho de dizer que moro em Aragua&iacute;na, pois a cidade evoluiu, tem crescido. Hoje, mesmo de bicicleta, voc&ecirc; sai limpo e volta limpo, sem poeira e lama</em>&rdquo; disse Rodrigues.<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Cal%E7adas%2004%20(640×480).jpg" style="width: 600px; height: 450px;" /><br />
<u><strong>Acessibilidade</strong></u><br />
<br />
As rampas de acesso para cadeirante, que ser&atilde;o constru&iacute;das onde h&aacute; faixas de pedestres, atendem as normas da Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Normas T&eacute;cnicas (ABNT). Segundo a Secretaria da Infraestrutura, pisos especiais de orienta&ccedil;&atilde;o aos pedestres portadores de defici&ecirc;ncia visual tamb&eacute;m ser&atilde;o instalados na C&ocirc;nego, a afim de orient&aacute;-los quanto ao seu posicionamento na &aacute;rea de abrang&ecirc;ncia das cal&ccedil;adas.<br />
<br />
Para o presidente da Associa&ccedil;&atilde;o das Pessoas com Defici&ecirc;ncia de Aragua&iacute;na (ADA), Jefferson Cardoso Coutinho, o projeto &eacute; um divisor de &aacute;guas para quem realmente precisa. &ldquo;<em>N&oacute;s cadeirantes, idosos e uma m&atilde;e que empurra um carrinho de beb&ecirc;, vivemos a dificuldade de acessibilidade e sabemos o quanto &eacute; importante este projeto de padroniza&ccedil;&atilde;o das cal&ccedil;adas para toda a popula&ccedil;&atilde;o. Significa respeito a todos n&oacute;s, moradores, por parte do poder p&uacute;blico&rdquo;</em>, afirmou Coutinho, assegurando que somente em Aragua&iacute;na h&aacute; um total de 3.800 deficientes f&iacute;sicos que utilizam cadeira de rodas para se locomover.<br />
<br />
<u><strong>Obras</strong></u><br />
<br />
O trecho do novo cal&ccedil;amento est&aacute; entre as Ruas Vit&oacute;ria da Conquista e Rua 13 de Junho, cuja movimenta&ccedil;&atilde;o de pedestres &eacute; menor e as obras j&aacute; foram conclu&iacute;das. As equipes se concentram agora no trecho de cal&ccedil;amento entre as vias 13 de junho e Rua Tom&aacute;s Batista.<br />
<br />
Al&eacute;m de revitalizar as cal&ccedil;adas da cidade, moradores e empres&aacute;rios do com&eacute;rcio local devem manter e colaborar com a manuten&ccedil;&atilde;o e conserva&ccedil;&atilde;o das novas cal&ccedil;adas da cidade. <em>&ldquo;Possibilitar que os todos cidad&atilde;os possam ir e vir com autonomia e, principalmente, seguran&ccedil;a nas cal&ccedil;adas &eacute; um dos compromissos firmados com a popula&ccedil;&atilde;o e tamb&eacute;m uma forma de cumprir a legisla&ccedil;&atilde;o relacionada a livre circula&ccedil;&atilde;o de pessoas&rdquo;</em>, destacou o prefeito, Ronaldo Dimas.</span>

Comentários pelo Facebook: