Polícia Civil captura no Pará acusado de executar homem em Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">Kenys de Souza Borges, 34 anos, acusado de cometer um homic&iacute;dio em Aragua&iacute;na (TO), em maio de 2013, foi capturado na &uacute;ltima quinta-feira (7 de agosto) em S&atilde;o Geraldo, Par&aacute;, e recambiado para o Tocantins pelos Policiais Civis da Delegacia de Homic&iacute;dios (DHPP). Ele &eacute; o autor da morte de Daniel Ferreira dos Santos, de 56 anos, ap&oacute;s uma discuss&atilde;o envolvendo sua ex-mulher.<br />
<br />
Conforme o delegado titular da DHPP, Manoel Laeldo, ap&oacute;s um minucioso trabalho investigativo a Pol&iacute;cia Civil conseguiu localizar o paradeiro de Kenys. O acusado estava morando em S&atilde;o Geraldo (PA) levando uma vida aparentemente normal.<br />
<br />
Com apoio da Pol&iacute;cia Civil do Par&aacute;, o acusado foi identificado, preso e recolhido &agrave; carceragem da Casa de Pris&atilde;o Provis&oacute;ria &ndash; CPPA.<br />
<br />
<u><strong>Relembre o caso</strong></u><br />
<br />
No dia 30 de maio de 2013, Kenys de Souza e sua esposa estavam em processo de separa&ccedil;&atilde;o. Na ocasi&atilde;o, a mulher havia pedido a Daniel Ferreira que fizesse sua mudan&ccedil;a do Setor Neblina, onde residia com o acusado, para outra casa localizada na Vila Norte.<br />
<br />
No entanto, inconformado com a separa&ccedil;&atilde;o, o acusado foi at&eacute; o local e passou a discutir com Daniel, exigindo que ele levasse de volta todos os pertences de sua ex-mulher. Como Daniel se recusou a atender ao pedido, Kenys sacou um rev&oacute;lver, calibre 38, e efetuou quatro disparos em dire&ccedil;&atilde;o &agrave; v&iacute;tima que veio a &oacute;bito no local.<br />
<br />
Ap&oacute;s o crime, o acusado evadiu-se do local e se apresentou a Pol&iacute;cia um m&ecirc;s depois, no entanto fugiu, durante o processo, e passou a ser considerado foragido da Justi&ccedil;a.</span>

Comentários pelo Facebook: