Prefeito assina termo para início das obras no Residencial Parque do Lago; serão 876 unidades

admin -

<span style="font-size:14px;">Na manh&atilde; desta segunda-feira, 11, foi assinado o Termo de Sele&ccedil;&atilde;o que garante o in&iacute;cio das obras do Residencial Parque do Lago, localizado na parte sul de Aragua&iacute;na (TO). A assinatura do documento contou com a presen&ccedil;a do prefeito Ronaldo Dimas, do secret&aacute;rio da Habita&ccedil;&atilde;o, Geraldo Silva, e do representante da empresa vencedora da licita&ccedil;&atilde;o, Raimundo Brasileiro, bem como dos ve&iacute;culos de comunica&ccedil;&atilde;o locais. A partir de agora, a responsabilidade pela condu&ccedil;&atilde;o do projeto passa a ser da construtora licitada.<br />
<br />
A empresa ir&aacute; apresentar os projetos e construir 876 unidades habitacionais no terreno, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. <em>&ldquo;A partir da assinatura deste termo, a empresa pode solicitar junto &agrave; Caixa Econ&ocirc;mica Federal o recurso necess&aacute;rio para a constru&ccedil;&atilde;o do empreendimento&rdquo;</em>, explicou o secret&aacute;rio da Habita&ccedil;&atilde;o, Geraldo Silva.<br />
<br />
J&aacute; o prefeito Ronaldo Dimas lembrou que o cadastro para a sele&ccedil;&atilde;o foi realizado via internet e que, ao final, recebeu 1.545 inscri&ccedil;&otilde;es. O prefeito afirmou tamb&eacute;m que a responsabilidade pela sele&ccedil;&atilde;o dos benefici&aacute;rios ser&aacute; da empresa licitada. <em>&ldquo;O&nbsp; empreendimento &eacute; destinado ao funcionalismo p&uacute;blico, de &oacute;rg&atilde;os federais, estaduais e municipai</em>s&rdquo; disse ele, ressaltando que, em curto per&iacute;odo, as propostas de valores das casas ser&atilde;o finalizadas.<br />
<br />
<u><strong>Parque do Lago</strong></u><br />
<br />
O Parque do Lago &eacute; um residencial fruto da parceria entre a Prefeitura e Caixa Econ&ocirc;mica Federal, atrav&eacute;s do programa Minha Casa Minha Vida – Faixa 2, onde ser&atilde;o constru&iacute;das 876 moradias. As unidades ser&aacute;o &nbsp;constru&iacute;das em lotes de 09×30 metros, com boa localiza&ccedil;&atilde;o, na margem do Rio Lontra, ir&aacute; beneficiar servidores municipais, estaduais e federais, efetivos, comissionados ou contratados, que residem em Aragua&iacute;na.<br />
<br />
O novo setor est&aacute; localizado estrategicamente entre quatro novos bairros e ter&aacute; 22 quadras, compostas por quatro modelos diferentes de casas. Al&eacute;m disso, ficar&aacute; na &aacute;rea de abrang&ecirc;ncia do Anel Vi&aacute;rio e da Via Lago. As casas com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), gerido pelo Minist&eacute;rio das Cidades.<br />
<br />
Os servidores p&uacute;blicos ter&atilde;o a possibilidade de quitar a resid&ecirc;ncia em um prazo de at&eacute; 360 meses. As casas atendem todos os padr&otilde;es de qualidade estabelecidos pela Caixa. Al&eacute;m disso, o loteamento contar&aacute; com creche, escola, Unidade B&aacute;sica de Sa&uacute;de (UBS) e Centro de Refer&ecirc;ncia em Assist&ecirc;ncia Social (Cras). Todas as ruas ser&atilde;o pavimentadas.</span>

Comentários pelo Facebook: