Seet
Sobral – 300×100

Professor desaparece em Colinas às vésperas do natal

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">A Pol&iacute;cia Civil, por interm&eacute;dio da Delegacia Regional de Colinas do Tocantins, deu in&iacute;cio &agrave;s investiga&ccedil;&otilde;es no sentido de apurar as circunst&acirc;ncias do desaparecimento do professor Raimundo Coelho Pimentel, 40 anos, ocorrido na noite do &uacute;ltimo dia 24 de dezembro.<br />
<br />
Segundo informa&ccedil;&otilde;es do Delegado Regional Jacy&eacute; Ferreira de Assis, Raimundo que &eacute; professor e reside em Palmas, tinha ido a Colinas onde mora sua m&atilde;e e demais parentes a fim de passar o natal e, retornaria para a capital logo em seguida. Segundo informaram seus parentes, Raimundo foi visto pela &uacute;ltima vez, por volta da 19h30min do dia 24, v&eacute;spera de natal, quando saia em seu autom&oacute;vel, da resid&ecirc;ncia de sua m&atilde;e, situada no Setor Campinas em Colinas.<br />
<br />
Na oportunidade, o homem disse que daria uma volta na cidade retornando em breve. Todavia, &agrave;s 12h (meio dia) do dia 25 como Raimundo n&atilde;o retornou para casa, seus familiares procuraram a pol&iacute;cia civil e registram seu desaparecimento. Imediatamente as buscas foram iniciadas, sendo que o carro de Raimundo, um Ford Fiesta quatro portas, foi localizado estacionado no Setor Araguaia I, em Colinas. Na ocasi&atilde;o, foi preciso a ajuda de um chaveiro para abrir o carro, que se encontrava trancado.<br />
<br />
A Per&iacute;cia foi acionada e identificou manchas de uma subst&acirc;ncia avermelhada an&aacute;loga a sangue no interior do porta-malas e tamb&eacute;m no para choque traseiro do ve&iacute;culo. No entanto, um computador modelo notebook e um embrulho contendo um presente que estavam com Raimundo n&atilde;o foram localizados.<br />
<br />
Exames ser&atilde;o conduzidos a fim de determinar se o material encontrado &eacute; sangue ou n&atilde;o. Segundo informa&ccedil;&otilde;es do Delegado Jacy&eacute;, a Pol&iacute;cia Civil intensificou as investiga&ccedil;&otilde;es e dilig&ecirc;ncias na tentativa de encontrar o paradeiro do professor. As buscas que contam com a ajuda da pol&iacute;cia militar, est&atilde;o sendo realizadas na zona rural de Colinas bem como em munic&iacute;pios circunvizinhos.<br />
<br />
A pol&iacute;cia Civil pede a popula&ccedil;&atilde;o em geral que quem tiver qualquer informa&ccedil;&atilde;o que leve ao paradeiro do Professor Raimundo Coelho Pimentel, entre em contato com a delegacia de Pol&iacute;cia Civil de Colinas ou ligue para o telefone (63) 3476 &ndash; 3051, ou ent&atilde;o ligue para a Pol&iacute;cia Militar atrav&eacute;s do telefone 190.</span></div>

Comentários pelo Facebook: