Sobral – 300×100
Seet

Sinpol e Sindepol declaram apoio a Sandoval após "valorização salarial que é modelo para o país"

admin -

<span style="font-size:14px;">O Sinpol (Sindicato da Pol&iacute;cia Civil do Estado do Tocantins) e o Sindepol (Sindicato dos Delegados da Pol&iacute;cia Civil do Estado do Tocantins) declararam apoio &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o do governador Sandoval Cardoso (SD). A reuni&atilde;o promovida em conjunto pelas duas entidades aconteceu na manh&atilde; desta segunda-feira, 18, em Palmas.<br />
<br />
Para o presidente do Sinpol, Moisemar Marinho, a Pol&iacute;cia Civil do Tocantins conseguiu uma valoriza&ccedil;&atilde;o que hoje serve de modelo para o restante do Pa&iacute;s. <em>&ldquo;&Eacute; um reconhecimento nosso pela abertura, pelo di&aacute;logo e pelo apoio que Sandoval Cardoso tem nos dado&rdquo;</em>, afirmou Marinho.<br />
<br />
A presidente do Sindepol, C&iacute;ntia Paula, tamb&eacute;m manifestou o apoio da categoria &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o de Sandoval em virtude das melhorias implementadas junto &agrave; categoria, que se revertem em melhores condi&ccedil;&otilde;es de trabalho dos delegados, principalmente com a garantia estabelecida em Lei, que n&atilde;o haver&atilde;o interfer&ecirc;ncias externas na condu&ccedil;&atilde;o de investiga&ccedil;&otilde;es, nem afastamento de delegados que estejam conduzindo trabalhos de apura&ccedil;&atilde;o de crimes. <em>&ldquo;A carreira de delegado no Tocantins agora &eacute; exemplo para o Brasil e muitos delegados de outros Estados vieram fazer concurso no Tocantins porque a carreira aqui &eacute; mais atrativa. E quando esses 118 novos delegados estiverem trabalhando, os resultados ser&atilde;o ainda melhores&rdquo;</em>, afirmou a presidente do Sindepol.<br />
<br />
Em conjunto, os representantes das entidades tamb&eacute;m apresentaram ao governador Sandoval Cardoso reivindica&ccedil;&otilde;es que ser&atilde;o inclu&iacute;das no Plano de Governo, para a melhoria na qualidade do atendimento aos cidad&atilde;os, como melhorias na estrutura f&iacute;sica das delegacias, aquisi&ccedil;&otilde;es de computadores e viaturas mais potentes.<br />
<br />
Sandoval Cardoso disse que reconhece a import&acirc;ncia do trabalho dos servidores p&uacute;blicos e justificou que retornou as oito horas de trabalho di&aacute;rio em virtude do Estado necessitar avan&ccedil;ar. <em>&ldquo;Temos mais de 200 frentes de servi&ccedil;o e uma Secretaria precisa ajudar a outra&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Sandoval assegurou aos policiais que no pr&oacute;ximo Governo e com a sua filosofia de gest&atilde;o em otimizar os gastos p&uacute;blicos, destinar&aacute; recursos para esses investimentos. <em>&ldquo;Vamos fazer sim esses investimentos em estrutura f&iacute;sica e aparelhamento da Pol&iacute;cia Civil, pois a efici&ecirc;ncia &eacute; um dos pilares da nossa administra&ccedil;&atilde;o. O Estado passou 12 anos sem qualquer investimento nessa &aacute;rea, mas n&oacute;s j&aacute; estamos corrigindo isso, realizando concurso para delegados e agente penitenci&aacute;rio e construindo uma nova penitenci&aacute;ria em Aparecida do Rio Negro. E no proximo mandato vamos recuperar nossas delegacias&rdquo;</em>, finalizou.<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/20140818_081847.jpg" style="width: 600px; height: 450px;" /></span><br />

Comentários pelo Facebook: