Sobral – 300×100
Seet

Cursos de Libras promove inclusão de pessoas surdas e forma multiplicadores

admin -

<span style="font-size:14px;">A Coordenadoria de Educa&ccedil;&atilde;o Inclusiva da Secretaria de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura (Seduc) deu in&iacute;cio &agrave;s novas turmas do Curso de L&iacute;ngua Brasileira de Sinais (Libras).<br />
<br />
Cerca de 60 pessoas participam da capacita&ccedil;&atilde;o, que tem dura&ccedil;&atilde;o de tr&ecirc;s meses e envolve profissionais da Educa&ccedil;&atilde;o e a comunidade em geral.<br />
<br />
Para o servidor p&uacute;blico da Seduc, Artus Saboia, o curso vai ajudar a se comunicar melhor com as pessoas surdas que atende, al&eacute;m de facilitar tamb&eacute;m o contato com os colegas que utilizam a linguagem de sinais. <em>&ldquo;Aqui na Coordenadoria tem muita gente que usa a l&iacute;ngua de sinais para se comunicar e eu fico meio perdido; por isso vi a necessidade e a oportunidade de aprender&rdquo;</em>, afirmou o aluno da turma de iniciantes.<br />
<br />
Luciene dos Reis Vanderley j&aacute; est&aacute; no n&iacute;vel intermedi&aacute;rio. Professora do ensino fundamental, ela trabalha na Sala de Recursos e faz o atendimento a crian&ccedil;as especiais. <em>&ldquo;Eu j&aacute; passei pelo primeiro n&iacute;vel e estou aqui para dar continuidade ao aprendizado que j&aacute; est&aacute; auxiliando o meu trabalho com as crian&ccedil;as, e vai ajudar muito mais, pretendo ir at&eacute; o fim&rdquo;</em>, frisou.<br />
<br />
Para o professor Jo&atilde;o Mendes Filho, instrutor de Libras, o curso forma multiplicadores e &eacute; uma importante ferramenta para fomentar a inclus&atilde;o. <em>&ldquo;Quero que as pessoas aprendam Libras para que possam trabalhar como professores ou ajudar os surdos em qualquer lugar, como no m&eacute;dico, na escola; que eles possam colaborar para o desenvolvimento do surdo&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
<strong><u>Sobre os cursos</u></strong><br />
<br />
Foram formadas tr&ecirc;s turmas nos n&iacute;veis Iniciante, Intermedi&aacute;rio e Avan&ccedil;ado, com carga hor&aacute;ria de 120 horas/aula e tr&ecirc;s meses de dura&ccedil;&atilde;o. As aulas s&atilde;o ministradas de segunda &agrave; quinta-feira, no Anexo II da Seduc, em Palmas. A capacita&ccedil;&atilde;o &eacute; gratuita, com inscri&ccedil;&otilde;es abertas semestralmente pela Coordenadoria de Educa&ccedil;&atilde;o Inclusiva.</span>

Comentários pelo Facebook: